Exposições no SESC/SP e vídeos na rede visam contribuir com legado Olímpico

SESC Verão 2016, unidade Consolação. Foto: Edilene Mendonça
foto: Edilene Mendonca

Em ano de construção de um legado Olímpico no Brasil, exposições esportivas e uma série de vídeos chegam para popularizar modalidades pouco conhecidas, e colaborar com o processo de mudança no esporte, que o país tanto precisa. A começar pela cidade mais populosa do país, São Paulo está com o evento SESC Verão, que oferece a chance de se vivenciar as 42 modalidades olímpicas – e algumas paralímpicas. Já em nível nacional, um programa de educação do Comitê Rio 2016 oferece a série de vídeos “Aprenda a ensinar”, com o passo a passo de diversos esportes.

http://torcedores.com/noticias/2015/12/ginastica-ritmica-rio-2016-selecao-de-conjunto-mescla-veteranas-e-novatas

Para tirar uma selfie ao lado de painéis com os ídolos do esporte olímpico brasileiro, ficar por dentro da história, participar de bate papo ou aula prática no SESC/SP, basta escolher a modalidade e localizar em que unidade está. No SESC Consolação, por exemplo, destaque para a ginástica rítmica. “E não é só a criançada que se diverte não, viu”, revela Danielle Vertullo, ex-atleta e profissional de Educação Física contratada para o evento do SESC/SP. “Muitos adultos chegam aqui e aproveitam a oportunidade, imperdível, de vivenciar a modalidade”, completa.

SESC Verão 2016, unidade Consolação. Foto: Edilene Mendonça
Ginásio no segundo andar oferece palestras e oficinas de ginástica rítmica, até 28/2

Se de um lado o SESC Verão utiliza o argumento do sonho, através do título “Qual o esporte que te move”, para mobilizar o público com exposições, encontros com atletas e apresentações esportivas; de outro o “Aprenda a ensinar” usa os valores Olímpicos e Paralímpicos, como amizade, inspiração e coragem para envolver a todos. Embora a série de vídeos, produzida pela Transforma em parceria com a Fundação Lemman, seja direcionada aos professores de educação física, coordenadores pedagógicos e agentes jovens, o acesso é livre e está disponível a um clique no canal Youtube EDU, no link Rio 2016.

“Existem 42 esportes Olímpicos e 23 Paralímpicos e, atualmente, nas escolas as aulas não vão muito além da prática do quadrado mágico (vôlei, basquete, futebol e handball). Esses esportes precisam continuar, mas o tiro com arco, a esgrima, o badminton e o goalball também podem interessar outras crianças”, destaca Vanderson Berbat, gerente de educação do Comitê Rio 2016, em nota do portal Rio 2016.

Das modalidades olímpicas publicadas na série de vídeos até agora, nenhuma do quadrado mágico citado acima, Tiro com arco lidera a lista com 11.074 visualizações, seguido por Badminton 5.099, Esgrima 3.793, Hóquei Sobre Grama 1.703, Tênis 1.044, Luta Olímpica 856 e Rugby – 270. Das paralímpicas, goalball com 6.178 visualizações, futebol de 5 – 3.627 e vôlei sentado 710. De acordo com Berbat, mais 10 aulas estão previstas para 2016. “A iniciativa visa contribuir para o legado educacional dos Jogos”, diz.

A primeira edição dos Jogos Olímpicos da Era Moderna a ser realizada no Brasil está programada para o período de 5 a 21 de agosto, tendo o Rio de Janeiro como sede, além de alguns estados que sediarão os jogos de futebol. Até lá, faltando exatos 195 dias, uma coisa é certa, independente se no conforto do seu lar ou se deslocando até um SESC/SP, a questão é se inteirar sobre o assunto Jogos Olímpicos. Em tempo, por, no mínimo, dois motivos; não ficar boiando durante as competições, e se preparar para colaborar com a construção de futuro desportivo melhor para o país.

foto: Edilene Mendonça



Edilene Mendonça é jornalista diplomada pela UNISA (Universidade de Santo Amaro). Sua trajetória profissional inclui atuações em produtora de vídeo, tevê, campanha política, assessoria de imprensa, site infantil e esporte. Pós-graduada em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU).