Ex-Palmeiras vira ídolo e elogia futebol Asiático: ‘Salários em dia e estrutura de primeiro Mundo’

Divulgação/Jeonbuk Hyundai Motors

Revelado nas categorias de base do Vasco da Gama, no início do ano 2000, o meia-atacante Luiz Henrique teve destaque no São Caetano e Palmeiras antes de se transferir para o futebol da Coréia do Sul, em 2008. O atleta se consolidou no futebol asiático conquistando uma série de títulos nacionais no país.

LEIA MAIS:
Alvo de Palmeiras e Grêmio, lateral troca a Chapecoense pela Rússia
Veja 6 ‘reforços’ que já estão no seu clube e podem ser fundamentais em 2016
Time de Luxa aumenta proposta e vai oferecer 30 milhões de euros por Geuvânio
VP do Flamengo afirma que zagueiro é a prioridade
Fluminense lucra mais com a venda de Gerson do que o Corinthians com todo desmanche

Em uma época que cada vez mais jogadores brasileiros estão se transferindo para o futebol asiático, um já se tornou ídolo no futebol Sul-Coreano, o meia-atacante, Luiz Henrique, de 34 anos.

O atleta que acumula passagem por clubes da Região Norte do Brasil (Atlético Roraima, Nacional de Manaus, São Raimundo, onde foi eleito a revelação do Campeonato Brasileiro de 2006, marcando 12 gols na competição) e pelo futebol de São Paulo, onde atuou pelo São Caetano, sendo vice campeão paulista em 2007 e Palmeiras, onde jogou 28 jogos, marcando 2 gols.

Logo na estréia pelo Palmeiras o atacante marcou na vitória diante do Náutico, nos Aflitos, pelo Brasileiro da Série A de 2007. Pelo Verdão, Luis Henrique foi campeão Paulista em 2008 e atuou ao lado de craques como Edmundo e Valdívia. 

Após passagem pelo Palmeiras, o atacante acabou se transferindo para o futebol coreano, sendo seduzido por uma proposta do Suwon. A proposta foi aceita, mas Luiz Henrique contou as dificuldades de adaptação em seu início no futebol asiático.

– Foi complicado me adaptar ao futebol Asiático. Pensei em largar tudo e voltar ao Brasil, mas fui insistente e continuei. No Suwon as coisas não deram certo, e acabei trocando de clube.

No início de 2009 uma proposta do Jeonbuk Hundai Motors, maior rival do Suwon, acabou fazendo o atacante trocar de time, o que acabou sendo uma escolha certa, como disse o próprio Luis Henrique.

– Meu empresário apareceu com uma oferta do Jeonbuk, conversamos e eu acabei aceitando. Seria minha última chance fora do Brasil. Para minha felicidade fiz a escolha certa. Conquistei títulos e cai nas graças da galera.

Ídolo no futebol asiático, o atacante falou sobre a estrutura dos clubes e a seriedade dos dirigentes, que proporcionam uma tranquilidade para os familiares, lembrando que o jogador vive com a esposa Cristina e sua filha de 4 meses, Giovana, na Coréia do Sul.

Aqui é estrutura de time Europeu, não deve nada para clube nenhum. E os dirigentes cumprem todos os acordos feitos. Salários em dia e proporcionam ainda conforto para os atletas e seus familiares.

Luiz Henrique já conquistou três campeonatos nacionais pelo Jeonbuk com feitos marcantes. No título de 2009 conseguiu realizar 10 assistências que terminaram em gols. Em 2011 o atacante marcou o gol do titulo de seu time e o último título ocorreu na temporada passada, em 2015, no seu retorno após uma passagem pelo futebol  dos Emirados Árabes Unidos, onde defendeu o Al-Shabab (2012/2013) e Emirates Club(2013/2015).

O atacante fez questão de falar do carinho dos torcedores do seu atual clube.

– A torcida me trata com muito respeito e gosta muito de mim. Existe muito apoio quando atuamos em casa (Estádio Jeonju World Cup). Jogamos sempre com o estádio lotado, é uma festa linda. Cobrança é normal em qualquer lugar e aqui não é diferente, porém não existe agressões de torcedores como em vários clubes no Brasil.

Ídolo do seu atual time, o atacante contou de sua emoção ao saber que teria sua caricatura em caixas de suco distribuídas no estádio na partida contra o Bursan I’Park.

– Quando o pessoal da comunicação me apresentou a propaganda eu fiquei muito emocionado. Tive a certeza que fiz a escolha certa quando optei pela volta ao Jeonbuk. Aqui sou feliz e amado – disse o atacante que também foi garoto propaganda do clube no lançamento de um quebra cabeças.

Sobre a passagem pelo Palmeiras, Luiz Henrique lamenta não ter ficado mais tempo no clube e conta que realizou um sonho ao atuar com Edmundo.

– Realizei um sonho de jogar ao lado do Edmundo. É meu ídolo. Também joguei com Valdívia, um craque de bola. Honrei a camisa do Palmeiras. Fiquei pouco tempo no Verdão (nove meses), poderia ter ficado mais tempo, mas o futebol é muito dinâmico e você tem que tomar decisões. Optei por sair do país.

Pré-temporada e amistoso contra gigante Europeu

Participando da pré-temporada do Jeonbuk Hyundai Motors, na cidade de Abu Dhabi, um local bastante familiar para Luiz, pois o mesmo jogou em duas equipes do país, o Al-Shabab e o Emirates Club, o jogador falou sobre a preparação e o confronto diante do Borussia Dortmund.

– Agora é ralação total. Vamos tirar a gordura adquirida nas férias. O Fábio Lefundes (Preparador físico) tem colocado o pessoal pra suar a camisa. Melhor ainda é enfrentar o Borussia Dortmund, uma grande equipe da Europa, que que conta com jogadores selecionáveis e campeões mundiais. Foi um grande teste para o nosso grupo.

O time do brasileiro foi derrotado pelos alemães por 4 a 1, mas Luiz Henrique ressaltou a importância da partida diante dos Europeus.

– Foi um confronto importante apesar da derrota(4 a 1). Em alguns momentos dominamos e tivemos oportunidades de gols. O Borussia é uma potencial do futebol Mundial. Sofrer uma derrota para eles é algo normal. Valeu pela experiência- disse o jogador.

Os gols foram marcados por Reus, Gonzalo Castro, Joo-Ho Park e Pulisic, enquanto Lee Dong-Gook descontou para o time Sul-Coreano.

VEJA FOTOS DE LUIS HENRIQUE NA CORÉIA DO SUL:

DADOS DA CARREIRA DO ATLETA:  

Nome: Luiz Henrique da Silva Alves

Nascimento: 2/07/1981

Cidade: Rio de Janeiro

Time atual: Jeonbuk Hyundai Motors

Peso:70 Kg

Altura:1,70m

CONFIRA A CARREIRA DO ATACANTE:

2000-2001;  Vasco da Gama(RJ) Categoria de base

2002; Pavunense (RJ)

2003; Baré Esporte Clube(RR)

2004-2006; Nacional de Manaus(AM)

2006-2006; São Raimundo de Manaus(AM)

2007-2008; São Caetano(SP)

2007-2008; Palmeiras(SP) Empréstimo

2008-2008; Suwon (Coréia do Sul) Empréstimo

2008-2012; Jeonbuk Hyundai Motors (Coréia do Sul)

2012-20013; Al-Shabab ( Emirados Árabes Unidos)

2013-2015; Emirates Club (Emirados Árabes Unidos)

2015-2016; Jeonbuk Hyundai Motors (Coréia do Sul)

Títulos e prêmios:

Tri-Campeão do Campeonato Coreano da Primeira Divisão – K-League (2009, 2011 e 2015)

Revelação do Campeonato Brasileiro da Série B em 2006 (São Raimundo).

Foto: Divulgação/Assessoria do jogador

Curtiu essa matéria? Siga o autor no Twitter: @allanmadi