Ex-número 1 do mundo e parceiro de Marcelo Melo estariam envolvidos em corrupção no tênis, diz site

TORONTO, ON - AUGUST 07: Ivan Dodig of Crotia returns a shot to David Ferrer of Spain during Rogers Cup at Rexall Centre at York University on August 7, 2014 in Toronto, Canada. (Photo by Ronald Martinez/Getty Images)

O site “Show Legend”, por meio de seu Twitter, divulgou nesta quarta-feira (20) os nomes de 15 tenistas suspeitos de terem participado de manipulações de resultados. Entre eles, estão o australiano Lleyton Hewitt, ex-número 1 do ranking mundial da ATP (Associação dos Tenistas Profissionais) e o croata Ivan Dodig, parceiro do brasileiro Marcelo Melo.

LEIA MAIS:
Saiba como um jornalista ‘nerd’ descobriu um esquema de corrupção no tênis

 

Além de Hewitt (que hoje é o xxxº do planeta) e Dodig, número 6 do ranking de duplas, estariam envolvidos no escândalo os seguintes jogadores: os russos Igor Andreev e Teymuraz Gabashvili, o eslovaco Lukas Lacko, o cazaque Andrey Golubev, o argentino Juan Ignacio Chela, o tcheco Jan Hajek, os espanhóis Albert Montanes e Daniel Gimeno-Traver, o sérvio Janko Tipsarevic, os norte-americanos Alex Bogomolov e Michael Russell, o australiano Matthew Ebden e o uzbeque Denis Istomin.

Os indícios de que diversos jogos foram manipulados em prol de lucros de apostadores foram publicados no último domingo (17) pelo site “BuzzFeed” e pela emissora britânica de TV “BBC”. Os dois veículos, no entanto, não divulgaram os nomes dos supostos atletas envolvidos porque não havia como comprovar as fraudes.

Um veículo de comunicação da Suécia, que alegava ter provas de manipulações de jogos desde 2011, aponta que outros atletas se envolveram em escândalos semelhantes. Seriam eles o italiano Fabio Fognini (23º colocado no ranking mundial), a bielorussa Victoria Azarenka, ex-número 1 do ranking feminino e a polonesa Agniezska Radwanska (4ª colocada na lista), entre outros nomes de menor expressão.

Crédito da foto: Getty Images



Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.