Em três anos, Paulo Nobre faz elenco do Palmeiras valorizar mais de R$ 100 milhões

Getty Images

Paulo Nobre assumiu a presidência do Palmeiras em janeiro de 2013 com a missão de montar um elenco capaz de colocar o time novamente na elite do futebol brasileiro, e sonhar com a Libertadores daquele ano. Em sua primeira negociação, trocou Hernán Barcos, que era o principal jogador do time, por cinco – que na verdade acabou em quatro – jogadores “renegados” do Grêmio, e obviamente foi muito criticado por isso.

LEIA MAIS:
Palmeiras 2016: veja quem são os jogadores mais valiosos do elenco
Palmeiras: veja quais jogadores do elenco mais valorizaram para a temporada
Cleiton Xavier e Alecsandro estão entre os jogadores do Palmeiras que mais desvalorizaram em 2015

Sem dinheiro, patrocínio e com muitas contas para colocar em dia, o Alviverde montou um elenco “bom e barato”, suficiente para ir até as oitavas de final da Libertadores, sendo eliminado após uma falha individual do goleiro Bruno, e conquistar o título do Brasileirão da Série B sem muitas dificuldades.

Na época, segundo o site Transfermarktespecializado em estatísticas, negociações e transferências de clubes e jogadores, o elenco do Palmeiras estava avaliado em R$ 61,1 milhões de euros – cerca de R$ 256,6 milhões atualmente, mesmo com jogadores importantes em seu elenco, como Valdivia, Wesley, Alan Kardec e Leandro, que era considerado uma das grandes promessas do futebol brasileiro.

Em três anos de mandato, Paulo Nobre foi o mentor de uma grande reestruturação no Palmeiras, do elenco até as receitas do clube, além do boom de sócios-torcedores, que sob seu comando, subiu de três mil para mais de 100 mil associados. E se antes o elenco do Palmeiras era “bom e barato”, atualmente é o mais valioso do país.

Nesse período em que esteve na presidência do clube, Nobre fez com que o elenco do Palmeiras valorizasse de R$ 256,6 milhões para pouco mais de R$ 360 milhões – um total de R$ 103,3 milhões.

Para se ter uma dimensão do excelente trabalho de Paulo Nobre, em 2013, o jogador mais valioso do Palmeiras era o volante Wesley, na época, avaliado em R$ 18,9 milhões. Hoje, Dudu é o jogador mais valioso do elenco Alviverde – R$ 25,2 milhões.

Em 2016 Paulo Nobre exerce o último ano de seu segundo mandato na presidência do Palmeiras, e para deixar uma boa impressão e “saudades”, montou o “Projeto Mundial”, com o objetivo de conquistar a Libertadores e o título Mundial de Clubes da Fifa.

Foto: Getty Images