Em coletiva, Marcelo Oliveira fala de Libertadores e Mundial

Cesar Greco / Palmeiras / Divulgacao

Treinador também comentou sobre as outras competições que o Palmeiras vai disputar em 2016, como o Paulistão e o quadrangular no Uruguai. Para Marcelo Oliveira, os jogadores não podem priorizar apenas uma competição, mas sim fazer valer a camisa do Palmeiras em todas, pela tradição do clube.

LEIA MAIS
Técnico do Palmeiras indica possível substituto de Cleiton Xavier
Marcelo Oliveira afirma que elenco do Palmeiras NÃO está fechado

Se perguntarmos rapidamente para qualquer torcedor do Palmeiras, qual vai ser o campeonato mais importante de 2016, sem sombra de dúvidas a grande maioria vai responder “Libertadores”. O técnico do Verdão seguiu a mesma linha, inclusive citando a possibilidade de disputar o Mundial no fim do ano.

“Jogador deveria vir para cá pela tradição do Palmeiras, pelo clube, pela estrutura, mas também pensando em ser campeão das competições, principalmente da Libertadores. Tem uma visibilidade e uma credibilidade muito grande e dá condição de disputar um Mundial. Quem não quer disputar?”, comentou o treinador.

No entanto, deixando a ansiedade pela competição sul-americana em segundo plano, Marcelo Oliveira fez questão de destacar também a importância das outras competições.

“Toda vez que se coloca a camisa do Palmeiras, tem que fazer valer a tradição. O Paulista vai ser tão importante quanto os outros. Em algum momento, pode dar atenção maior a um, quando se cruzam. Paulista tem seu charme, sua tradição. Tenho certeza de que os torcedores do Palmeiras querem esse título também, pela rivalidade, por tudo o que representa”, disse o técnico.

“Não vejo como problema, vejo até como saudável [a ansiedade pela Libertadores]. Nesse momento de preparação, talvez se tenha essa ideia básica de que a Libertadores é o ponto principal. Mas na medida que formos jogando vamos encarar todas as competições da mesma forma. Acho que isso é positivo”.

QUADRANGULAR NO URUGUAI

Apesar de ser um torneio de pré-temporada, o técnico Marcelo Oliveira destacou a importância com que o Palmeiras encara essa competição.

“Importante em função do confronto com outra escola. Vamos entrar em uma competição com equipes sul-americanas, isso vai dar experiência. Talvez o tempo de preparação tenha sido curto, mas queremos botar o time para jogar, fazer observações. Agora, toda vez que se coloca a camisa do Palmeiras, se coloca para vencer. Seja jogo-treino, amistoso, tem que ser colocada com orgulho”, finalizou o comandante alviverde.

Foto: César Greco / Palmeiras / Divulgação