Corinthians: Tite fala sobre a China e diz ter “inveja” do técnico do Atlético-MG

Crédito da foto: Reprodução/Facebook oficial do Corinthians

Neste domingo, o Corinthians foi derrotado pelo Atlético-MG, partida válida pelo Florida Cup, por 1 a 0. No jogo foi evidente o quanto as ausências de seus principais jogadores afetaram no desempenho da equipe. Sem Renato Augusto, Jadson, Ralf e Vagner Love, o time Alvinegro paulista foi amplamente dominado pelos mineiros e a partida terminou 1 a 0. A partida também corou o Atlético como seu campeão. 

LEIA MAIS:
Corinthians: Clube enfrenta dificuldades em contar com atacante

Depois do jogo, o técnico Tite comentou sobre o desmanche da equipe campeã do Brasileiro de 2015.

“Não me surpreende o Atlético manter os jogadores. Só me faz invejar um pouquinho o Aguirre pela permanência (de jogadores). A gente entende (as saídas), não é (colocar) carga de responsabilidade maior. Corinthians e Atlético tem grandeza de conquistar, estiveram entre os três ou quatros melhores times do ano passado. A China nos ferrou. A manutenção dos atletas importantes eleva o nível técnico e infelizmente a realidade nos retirou isso”, disse sem perder o bom humor.

“Houve nuances de domínio do Atlético. A bola no pé do Carioca, do Rocha, são jogadores de qualidade. A saída de bola com o Jemerson. Time tem imposição e qualidade técnica para sair. Dátolo é um pensador. O adversário teve momentos melhores, mas o Corinthians não foi um time que cedeu a esses momentos. Na média, ele reagiu, teve ideia de triangulação. No geral, desempenho bom”, encerrou.

Crédito da foto: Reprodução/Facebook oficial do Corinthians



Curso Jornalismo e Comunicação na Universidade Metodista de São Paulo. Dedico-me a área Esportiva, e busco sempre oferecer o melhor de mim em todas as matérias em que me envolvo. Seriedade, foco e comprometimento são palavras que levo como lei da vida.