Corinthians ainda não pagou a premiação do hexa aos jogadores e comissão técnica

Foto: © Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Lá se vão 40 dias desde que o Corinthians segurou um empate em 1 a 1 com o Vasco e conquistou o hexacampeonato brasileiro. A diretoria prometeu pagar ao elenco e comissão técnica uma premiação de R$ 8,5 milhões até o dia 10 de dezembro, exatos quatro dias após a rodada final da competição. Ninguém viu a cor do dinheiro.

LEIA MAIS:
Globo cancela transmissão de jogos de Corinthians, Fluminense e Inter para passar filme
Felipe já lamenta a saída do parceiro Gil: “Perda muito grande”

De acordo com o Lance!, o diretor financeiro Emerson Piovesan confirmou o atraso e disse que “o entra e sai de tantos jogadores fez com que muitos acertos e ajustes nas rescisões dos contratos fossem necessários” e, por isso, “esse assunto será resolvido nos próximos dias”.

Esta explicação é diferente da utilizada por Piovesan no fim da temporada passada, quando o diretor financeiro garantiu que o departamento de futebol não havia repassado a lista dos jogadores mais assíduos e com mais vitórias, critérios básicos utilizados para individualizar o pagamento dentro do elenco.

O curioso é que o Corinthians sofre um desmanche em seu elenco e deve arrecadar cerca de R$ 73 milhões com a saída de cinco titulares. Quatro deles já rescindiram o contrato: o volante Ralf, os meias Jadson e Renato Augusto e o atacante Vagner Love. O zagueiro Gil deve ser o próximo a deixar o clube rumo ao Shandong Luneng-CHN.

De acordo com o dirigente corintiano, apenas o valor da venda de Jadson entrou nos cofres – cerca de R$ 6,5 milhões. O valor total da transação ao Tianjin Quanjian foi de R$ 22 milhões, porém, o Timão detinha apenas 30% dos direitos econômicos.

Os jogadores estão evitando externar o atraso, mas internamente há uma certa insatisfação com as pendências. O gerente de futebol, Edu Gaspar, e o diretor-adjunto de futebol, Edu Ferreira, são os responsáveis por conduzir a situação.

Foto: © Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)