Conheça os detalhes da cobertura do Beira-Rio

Crédito da foto: Fernanda de Lima / Guia dos Esportes

O torcedor colorado tem muito do que se orgulhar, além da história vitoriosa, recheada de títulos, o clube possui um dos mais belos estádios brasileiros.

LEIA MAIS:
Opinião: Hamburgueria do Grêmio acerta e atrai até rivais
Maior do Sul? Grêmio bate Internacional em todas as redes sociais

É impossível não se encantar com o Gigante da Beira-Rio, estádio do Internacional. Localizado às margens do Rio Guaíba, em Porto Alegre, o estádio é um dos principais pontos turísticas da cidade gaúcha. E com razão. Não há quem não passe pelo entorno da estrutura e não fique curioso ao avistar as gigantescas membranas que dão forma ao estádio.

Construído numa área privilegiada da capital do Rio Grande do Sul, os arredores favorecem uma parada para registrar a passagem por ali. Na parte exterior, a estátua em homenagem ao ídolo Fernandão divide espaço com a cobertura do estádio. Cobertura extremamente original e ecologicamente correta, e que se destaca entre tantos novos estádios espalhados pelo Brasil.

Beira- Rio e estátua de Fernandão lado a lado | Foto: Guia dos Esportes
Beira-Rio e estátua de Fernandão lado a lado | Foto: Fernanda de Lima / Guia dos Esportes

 

São 65 membranas que compõem a cobertura do estádio, tendo a parte metálica sido fabricada no interior do estado, na cidade de Nova Bassano. Já as membranas em si, compostas pela parte branca, foram fabricadas na Alemanha. Cada uma delas tem 30 metros de altura, com uma durabilidade de 30 a 40 anos. O material é o mesmo utilizado no estádio do clube alemão Bayern de Munique, o Allianz Arena, e é à prova de fogo e não rasga.

A estrutura ainda é autolimpante. Tanto a chuva como o sol contribuem para a sua própria limpeza, o que colabora para a manutenção da cobertura e para redução de gastos por parte do clube.

Dessas 65 membranas, 22 captam a água da chuva, que é reutilizada para irrigar o gramado e também para a limpeza do estádio.

A beleza da cobertura colorada fica por conta também das caixas de luzes de led instaladas na base da estrutura. Todas as noites as luzes são ligadas nas cores vermelhas do clube da casa, proporcionando um espetáculo no Beira-Rio. Em dias de jogos, quando o Inter marca um gol, as luzes pulsam nas cores vermelha e branca.

14 estruturas criadas para facilitar o acesso dos torcedores ao estádio | Foto: Fernanda de Lima / Guia dos Esportes
14 estruturas criadas para facilitar o acesso dos torcedores ao estádio | Foto: Fernanda de Lima / Guia dos Esportes

 

Além da cobertura, na remodelação do Beira-Rio, foram criadas 14 torres (foto acima) para facilitar o acesso e saída dos torcedores do estádio. Contando com essas estruturas mais o anel de circulação da parte inferior, o estádio, com 40 mil pessoas, é esvaziado em até oito minutos, o que antes da reforma levava cerca de 40 minutos para a saída e também para o acesso ao interior do estádio.

Em 2015, o estádio conquistou um importante prêmio da arquitetura esportiva mundial: terceiro lugar na categoria “grandes renovações”, da Associação Internacional de Instalações Esportivas (IAKS Award). A reforma que consagrou o estádio foi realizada para a Copa do Mundo 2014, que teve a casa colorada como uma das sedes dos jogos.

Serviço:
Estádio Beira-Rio
Av. Padre Cacique, 891 – Praia de Belas, Porto Alegre – Rio Grande do Sul

Para ficar por dentro das novidades sobre atrações turísticas ligadas ao esporte, acesse diariamente www.guiadosesportes.com.br.

Foto: Fernanda de Lima / Guia dos Esportes



Jornalista | Escritora Há 10 anos dedicando-se ao meio esportivo, com enfoque em mídias sociais e produções audiovisuais. Autora do site Guia dos Esportes - Conhecendo o mundo através do esporte, especialista de conteúdo da Seconds Entretenimento Esportivo, colunista dos sites Autoracing (F1), repórter e colunista do Portal Rackets (tênis).