Centurión se diz mais adaptado ao São Paulo e projeta ano bem melhor que 2015

Crédito da foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

O meia-atacante argentino Centurión veio para o São Paulo no ano passado como a grande contratação para a temporada 2015, mas até agora não “vingou” com a camisa tricolor que justificasse o seu investimento de R$ 14 milhões. Revigorado para 2016, ele superou momentos difíceis na vida pessoal e agora projeta vida nova no Morumbi.

LEIA MAIS
Mercado da Bola 2016: Kieza enfim é anunciado como reforço do São Paulo
São Paulo lança e-book especial sobre retorno de Diego Lugano; saiba como baixar
Exclusivo: veja em fotos como está a reforma do gramado do Morumbi

“O ano passado foi difícil. No profissional, para todo mundo, foram embora treinadores muito bons. Pessoalmente, estive mal, mas me recuperei muito bem, foi um processo”, disse o jogador, que completou 23 anos nesta terça-feira (19).

“Quando cheguei aqui, cheguei com minha namorada, depois tive um problema pessoal e ela teve que voltar para a Argentina e eu tive de ficar sozinho. País diferente é complicado. Mas foi pouco, depois com o tempo, com a ajuda dos companheiros, soube passar por esse mau momento. Agora estou aqui para conseguir melhorar em 2016”, explicou o sul-americano.

Nesta quarta (20), ele será titular do time que enfrentará o Cerro Porteño (PAR), evidenciando que, a priori, conquistou a confiança do técnico compatriota Edgardo Bauza. “O Patón (apelido de Bauza), é uma grande pessoa, muito inteligente. É um cara que costuma conversar individualmente com os jogadores, algo que ajuda muito. Essa característica talvez seja a principal dele, passar confiança ao atleta”, encerrou.

Crédito da foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net



Jornalista desde 2012, com passagens pelos jornais ABCD Maior e Diário do Grande ABC, além do canal NET Cidade. Atualmente como repórter colaborador no site Torcedores.com.