“Aqui meu peso não importa”, diz Ronaldo Fenômeno sobre carreira no pôquer

Divulgação

Ao mesmo tempo que foi conhecido nos gramados pelo talento que lhe rendeu o apelido de Fenômeno, o ex-atacante Ronaldo ficou marcado, no final da carreira, pelo excesso de peso. O jogador que se aposentou no Corinthians em 2011 nem de longe lembra aquele que explodiu com a camisa do Cruzeiro no início dos anos 90. Dedicando-se atualmente à carreira como jogador de pôquer, entre outras atividades, Ronaldo está feliz no mundo das cartas. E o motivo é simples: não recebe questionamentos sobre a relação com a balança.

LEIA MAIS:
Ronaldo chega à mesa final de torneio de pôquer nas Bahamas e lucra R$ 15 mil

 

Em entrevista à “Vice Sports”, Ronaldo foi questionado sobre o possível retorno ao futebol com a camisa do Fort Lauderdale Strikers, time dos Estados Unidos em que é um dos donos. E deu uma resposta surpreendente. “Prometi que faria isso ano passado se nosso time fosse pras eliminatórias. É difícil voltar, sabe, perder peso, tem muitos problemas nisso de voltar pra bola. Prefiro o pôquer (risos). Aqui meu peso não importa”, falou o ex-atacante.

Recentemente, o Fenômeno lucrou R$ 15 mil em um tornei de pôquer nas Bahamas. Ele chegou à mesa final da competição e terminou o evento número 52 do PokerStars Caribbean Adventure no 7º lugar. No total, foram 78 jogadores.

Apesar de ser mundialmente conhecido, Ronaldo afirma que, para alguns jogadores de pôquer, ainda é um anônimo.

“No ano passado, um jogador tirou uma foto e eu estava nela. Daí foi parar no Twitter e todo mundo comentou porque eu estava nela. E ele perguntava: ‘Quem é esse cara? Ele está na minha mesa e todo mundo fala dele’. Nem todo mundo me conhece”, contou.

Segundo Ronaldo, há atletas do carteado que são “vingativos” por causa de seu desempenho na época do futebol.

“Quando estou jogando e indo bem, sinto que alguém ali quer ver minhas cartas porque quer me foder. É isso que sinto. Porque é como se fosse grande coisa: ‘Eu ganhei do Ronaldo’. E isso importa pro cara”, disse.

Crédito da foto: Divulgação



Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.