Após faturar R$ 40 milhões, Palmeiras quer terminar ano como líder do ranking de sócios-torcedores

Palmeiras
Foto: Cesar Greco / Palmeiras

Após conquistar a Copa do Brasil, o Palmeiras terminou 2015, dentro e fora do campo, se dentro do campo o time conseguiu vencer a segunda competição mais importante de do Brasil e assegurou sua vaga para a Libertadores da América, fora deles o Palmeiras conseguiu um incrível faturamento de R$ 40 milhões com seu programa de sócio torcedor, o Avanti. Mas o Verdão sonha com mais, em entrevista ao Diário de S. Paulo, Roberto Trinas, Chief Marketing Officer do Verdão sonha em atingir 200 mil sócios e atingir a liderança do ranking

LEIA MAIS:
Com desmanche do Corinthians, elenco o Palmeiras é o mais valioso do Brasil
Palmeiras: Para crescer ainda mais Avanti investe em novas parcerias e em público feminino
São Paulo: Após drama, Centurión posta foto com noiva e se diz feliz

O ano começou como terminou para o Palmeiras, tudo ‘Verde’, o clube se reforçou, contratou 8 jogadores e viu seus principais rivais se desmancharam, Corinthians e São Paulo perderam jogadores importantes e líderes. Com isso o alviverde agora é considerado a equipe mais forte do Estado por manter o elenco e o entrosamento, se reforçando pontualmente.

Como a maré anda boa, o Palmeiras tem a meta ousada de assumir o posto de líder no ranking de sócios-torcedores, cujo o time ocupa a segunda colocação, atrás de seu maior rival, o Corinthians. O Timão lidera o ranking com 133.780 contra 126 mil do Verdão. Fato que não significa muita coisa, já que o alviverde lucra 12 vezes mais que seu rival.

“O faturamento (Não o lucro) foi superior aos R$ 40 milhões. Não temos uma meta financeira para 2016, mas nossa intenção é ser o maior programa de sócio-torcedor do Brasil ao longo dos anos, principalmente, em virtude da torcida engajada que temos. Nosso esforço é muito grande para aumentar, mesmo porque ninguém está parado. Nossa torcida, com mais de 16 milhões tem um potencial muito grande”, analisou Trinas ao Diário de S.Paulo.

Em três anos de Avanti, o Palmeiras angariou 126 mil sócios para bater a marca de 200 mil nesse ano, o clube deverá arrecadar praticamente os números de sócios que conseguiu nos últimos dois anos.

Foto: Divulgação



Jornalista em formação. Fanático por esportes, principalmente futebol. Vivo em busca de desafios e oportunidades que a vida me proporciona.