Veja os times que podem rejeitar contrato da Globo e negociar com o Esporte Interativo

Fluminense
Crédito da foto: Reprodução

O Esporte Interativo trabalha para conseguir os direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro a partir de 2019 e, para isso, tenta negociar individualmente com alguns clubes, cujos contratos de transmissão com a Rede Globo termina em 2018. O Santos, time que revelou Pelé para o mundo, é uma das equipes que já se reuniram com o EI para ouvir sua proposta, mas não foi o único.

LEIA MAIS:
Torcedor invade campo, mas é detido por goleiro com um golpe de judô; assista
Opinião: 2015, o ano em que o conservadorismo voltou ao futebol
Goleiro da Roma ofende fã por vestido ousado: “Pensaram que eu namoraria isso”
Vascaínos zoam pintura do Fluminense no Maracanã: “Freguês”

O Grêmio também conversou com o Esporte Interativo, mas, segundo o presidente Romildo Bolzan, não chegou a ser feita nenhuma proposta concreta:

“Com o Grêmio, eles não falaram de valores. O que sei é que houve uma reunião com os clubes na qual foi feita só uma sondagem. O Grêmio não entendeu como uma proposta”, disse ao Blog do jornalista Ricardo Perrone.

Além desses dois clubes, pelo menos mais 6 equipes já conversaram com o Esporte Interativo, segundo Perrone: Fluminense, Internacional,  Atlético-PR, Coritiba, Bahia e Sport.

Para o presidente do Internacional, Vitório Pífero, essa concorrência é muito positiva:

“Estamos ouvindo os dois lados. Sem dúvida, existir essa concorrência é muito bom. Com ela podemos avaliar melhor a qualidade do produto que temos para vender”, disse Vitorio Piffero, presidente do Internacional, ao Blog do jornalista Ricardo Perrone.

Crédito da foto: Divulgação