Santos recusa proposta da Globo e negocia com o Esporte Interativo

Fluminense
Crédito da foto: Reprodução

O Santos deu o primeiro passo para romper o monopólio da Rede Globo em torno do futebol brasileiro. Com seus direitos de transmissão vendidos à empresa fundada por Roberto Marinho até 2018, o Peixe não aceitou a proposta de renovação até 2020 e negocia com o Esporte Interativo.

LEIA MAIS:
Zé Roberto HUMILHA Edmundo e Renato Gaúcho em amistoso; assista
Globo deve transmitir a Liga Sul-Minas-Rio, diz presidente do Cruzeiro
Ronda Rousey escolhe os atletas mais bonitos do mundo; confira
Veja 7 motivos para Wesley Safadão ser o camisa 9 do seu time

Segundo o Blog do Ohata, os clubes da Série A do Brasileiro foram procurados pelo canal Esporte Interativo, que os sondou sobre os direitos do Nacional na TV fechada para as temporadas 2018-19.

Ao que parece, conforme revelou o jornalista Ricardo Perrone, o Santos está animado com o novo interessado:

“A conversa está só no começo, mas a proposta do Esporte Interativo é interessante. A Globo é uma parceira, só que o que ela ofereceu ao Santos não nos interessou. Além disso, é positivo estimular a livre concorrência” – afirmou ao blog Modesto Roma Júnior, presidente santista, completando – “Sei que parte dos clubes já fechou com a Globo, mas não vejo problemas em dois canais terem os direitos. Cada um mostra os jogos dos times com os quais tem contrato quando eles se enfrentarem. Está na hora de bagunçar um pouco o correto”.

Em virtude da crise econômica pela qual passa o Brasil, a Globo propôs reduzir os valores pagos aos clubes, mas dando em contrapartida um adiantamento considerável para as equipes que estão em situação financeira mais delicada.