Retrospectiva 2015: Em busca alternativas, Seleção Feminina de Vôlei faz testes antes do Rio-2016

Reprodução/FIVB

A temporada de 2015 foi de novidades na Seleção Feminina de Vôlei. Sem poder disputar o principal torneio do ano, a Copa do Mundo, no Japão, por já estar classificado para os Jogos Olímpicos, o time comandado por José Roberto Guimarães apostou na competitividade para os torneios que participou no ano.

LEIA MAIS

Campeão de tudo, Sada/Cruzeiro é o grande destaque do vôlei masculino

O grande campeão e a despedida de um ídolo marcaram a Superliga Feminina em 2015

Sem a presença de Sheilla e Fabiana que foram poupadas pela comissão técnica, e Thaísa que passou por cirurgias nos dois joelhos, do time titular campeão em Londres, sobraram Jaqueline e Fernanda Garay. Mas, a intenção da comissão técnica era rodar as jogadoras nas principais competições: Pan-Americano e Grand Prix.

No Grand Prix, a seleção formada com base no time do Rexona/Ades conquistou o terceiro lugar na fase final, nos Estados Unidos. Já a seleção presente no Canadá para a disputa do Pan-Americano ficou com a medalha de prata.

Nas duas competições, a comissão técnica aproveitou para observar jogadoras poucos testadas no ciclo olímpico. E como consequência arranjou um grande  e bom problema, a disputa no time que irá para as Olimpíadas. A principal disputa está no meio de rede, com cinco jogadoras para quatro vagas. Fabiana e Thaísa devem ter o lugar garantido no time titular, para a reserva sobram em teoria duas vagas, que são disputadas entre Juciely, Carol e Adenízia.

As ponteirias parecem estar definidas com Jaqueline, Fernanda Garay, Natália e Gabi, Outra disputa é pelo lugar de sunda levantadora, Macris e Roberta foram testadas. Fabíola pediu dispensa, mas deve ser observada depois da gravidez. Na posição de oposta Sheilla está garantida, já a sua reserva é uma incógnita. A posição de líbero deve ser uma surpresa, Camila Brait é a titular, mas dependendo da orientação da inscrição de duas jogadoras para a posição, Léia e Sassá devem brigar pela vaga.