Mercado da Bola 2016: Por que tantos nomes são plantados no Palmeiras?

mercado da bola 2016
Cesar Greco / Palmeiras / Divulgacao

O torcedor do Palmeiras que acompanha o Mercado da Bola 2016 até fica doido com tantos nomes que aparecem entre as especulações para o elenco do Verdão no ano que vem. A maioria sequer se confirma, alguns sendo até facilmente identificados como meros rumores logo de cara. Mas, por que isso acontece?

LEIA MAIS
Nenê já foi chamado de “laranja podre” por rebaixamento do Palmeiras

O Palmeiras é um dos principais “players” do mercado da bola este ano. O Verdão firmou uma imagem de grande “contratador” em 2015, o dirigente Alexandre Mattos virou até meme pela quantidade de jogadores apresentados ao longo do ano. Além disso, o clube se recuperou financeiramente, conseguiu fazer do programa de sócio-torcedor Avanti uma entrada de dinheiro até maior que um patrocínio master, mas também arranjou um grande patrocinador, a Crefisa.

Tudo isso fez do Palmeiras um time forte em termos de marca, mercado e dinheiro. Por isso, é bem plausível que notícias de possíveis interesses do Verdão em jogadores sejam coisas plantadas para valorizar esses atletas, que muitas vezes sequer passaram pela cabeça dos dirigentes alviverdes.

Quando você faz o mercado da bola acreditar que o Palmeiras está interessado em um jogador, os clubes verdadeiramente interessados nele acabam tendo que se mexer para fazer propostas maiores. É por isso que tanta gente aparece como “cotada” no Verdão. No Mercado da Bola 2016, todo cuidado é pouco.



Editor do Torcedores.com, está no site desde julho de 2014. Formado pela Universidade Metodista de São Paulo, já passou por UOL, Editora Abril e Rede Record. Participou da cobertura da Copa do Mundo de 2014, de dois Pans, dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 e do Rio 2016. Também colabora com o ONDDA, site "irmão" do Torcedores.com.