Mercado da bola 2016: Lugano trocará Cerro pelo São Paulo usando cláusula, diz agente

Divulgação / site oficial do São Paulo

De acordo com o GloboEsporte.com, mesmo faltando alguns ajustes, Juan Figer, empresário de Lugano, revela que a transferência do zagueiro para o São Paulo está bem encaminhada, e que cláusula no contrato do uruguaio pode ajudar na negociação. A evolução das negociações fez com que o empresário de Lugano ficasse otimista, e alegou que questão salarial não será problema.

LEIA MAIS:
Mercado da bola 2016: Diretoria entra em consenso e São Paulo tentará contratação de Lugano
Mercado da Bola 2016: novo técnico do São Paulo promete conversa ‘cara a cara’ com Lugano

Juan Figer afirmou que no contrato de Lugano com o Cerro Porteño há um item, não específico para o São Paulo, que pode facilitar a saída do jogador do clube paraguaio. Para liberar o zagueiro, o Cerro exige dinheiro. O agente comentou sobre as negociações:

Já temos uma parte acordada. Precisamos ajustar algumas coisas. O jogador tem uma cláusula e vai fazer uso dela. É uma cláusula confidencial do contrato do jogador com o Cerro, pela qual ele pode se liberar. Não há nada do São Paulo com o Cerro. O Diego tem de apresentar um contrato pronto. Ele apresentará o do São Paulo e, mediante isso, poderá conseguir a liberação.

Figer se mostrou otimista pelo retorno de Lugano ao São Paulo, onde é ídolo. O empresário afirmou que as negociações estão bem encaminhadas, e que aguarda um desfecho semana que vem. Juan também falou sobre o interesse de Lugano em voltar a vestir a camisa do Tricolor:

O Lugano sempre manifestou o desejo de voltar. Ele está no Uruguai neste momento. Há chances de acertar com o São Paulo. Existe uma análise jurídica evidente de qualquer negociação e faltam coisas a discutir, mas acho que vamos acertar. Pode ocorrer a qualquer momento, mas calculo para depois da virada do ano.

O novo treinador do São Paulo, Edgardo Bauza, já admitiu que gostaria de contar com Lugano no elenco são paulino em 2016, mas queria ter uma conversa “cara a cara” com o uruguaio, para saber o que o zagueiro realmente quer.

 

Foto: Divulgação / site oficial do São Paulo



Estudante de Jornalismo da Universidade São Judas. Comecei o ensino superior fazendo exatas, mas apanhei mais que o Brasil contra a Alemanha na Copa de 2014, todo dia era um 7x1 diferente. Então decidi fazer o que eu amo mesmo. Não nasci chorando.