Mercado da bola 2016: Empresário vai ao encontro de Lugano para acertar retorno do zagueiro ao São Paulo

Divulgação / site oficial do São Paulo

O São Paulo está cada vez mais próximo de contar com Diego Lugano em seu elenco na próxima temporada. Segundo o LANCE!, o agente do zagueiro, Juan Figer, viajou ao Uruguai para encontrar Lugano e tratar dos últimos detalhes sobre a liberação do Cerro Porteño e da volta do uruguaio ao Morumbi, onde é ídolo.

LEIA MAIS:
Mercado da bola 2016: Lugano trocará Cerro pelo São Paulo usando cláusula, diz agente
Veja 9 curiosidades destes 80 anos de refundação do São Paulo que você não sabia
80 anos após refundação, 6 fatos mostram que o São Paulo é maior que seus rivais; veja

A “novela” envolvendo Lugano e São Paulo pode acabar já neste fim de semana. Isso porque o Cerro Porteño, equipe paraguaia que o jogador de 35 anos defende atualmente, pode realizar a liberação do atleta na próxima sexta-feira, apesar do clube já ter afirmado o desejo de manter o defensor no time ano que vem.

Ainda de acordo com o diário, o novo vínculo de Lugano com o São Paulo já está com detalhes contratuais e valores praticamente definidos, e provavelmente serão resolvidos na viagem de Figer ao Uruguai. Em seguida, a diretoria tricolor deverá agir enviando um documento oficial para que o zagueiro apresente ao Cerro, se utilizando de uma cláusula que o libere antes de agosto de 2016, que marca o fim do seu contrato com os paraguaios.

O São Paulo só poderá entrar em ação a partir de 1º de janeiro, devido acordo com o Cerro. Mas o clube paulista não quer perder tempo e já deve concluir a transferência nesta data.

Apesar da torcida são paulina ter feito pressão e cobrado com frequência o retorno do ídolo uruguaio ao Morumbi, a diretoria do São Paulo só decidiu ir atrás do zagueiro após haver um consenso entre o presidente do clube, Leco, e o novo treinador do time, Edgardo Bauza. Ambos deram aval para que dirigentes fossem em busca de Lugano para reforçar o elenco são paulino na próxima temporada.

 

Foto: Divulgação / site oficial do São Paulo



Estudante de Jornalismo da Universidade São Judas. Comecei o ensino superior fazendo exatas, mas apanhei mais que o Brasil contra a Alemanha na Copa de 2014, todo dia era um 7x1 diferente. Então decidi fazer o que eu amo mesmo. Não nasci chorando.