Mercado da Bola 2016: Corinthians quer meia e atacante, mas ainda conta com Pato

Mercado da Bola
Divulgação

Eduardo Ferreira, diretor adjunto de futebol do Corinthians, participou por telefone do “Seleção Sportv” desta terça-feira e comentou as novidades do mercado da bola no clube.

Questionado sobre as peças de reposição que o Corinthians terá que contratar após a saída de Jadson e a possível transferência de Elias para o futebol chinês, o diretor afirmou que a prioridade do clube está em um meia e um atacante para a temporada de 2016.

VEJA TAMBÉM
VÍDEO: Marlone repete Pato e treina nas férias para a temporada 2016 no Corinthians

“O Corinthians está atrás de um meia e de um atacante. Nossa preferência depois da saída do Jadson um plano emergente é um meio de campo. Nós trabalhamos com três, quatro nomes para essa posição. Já vem trabalhando faz umas duas semanas desde a confirmação da saída do Jadson.Esperamos que em mais uma semana, 10 dias a gente confirme esse nome”, explicou Eduardo. “Não posso precisar, falar o nome para vocês, mas trabalhamos com dois, três nomes. Todos bons nomes do mercado interessam ao Corinthians. Tanto do Brasil, quanto de fora”, completou.

Para o lugar de Elias, o clube ainda prefere esperar a confirmação da transferência para aí então analisar a necessidade de um novo volante disponível no mercado, ainda mais por contar com com bons jogadores já no elenco, como Christian, Ralf, Rodriguinho e Maciel.

Eduardo Ferreira ainda falou sobre sobre a busca de um atacante. De acordo com o dirigente, o pedido da comissão técnica foi de um jogador de área, que possa  revezar com Vágner Love.

Também questionado se a busca por um atacante de área levava em consideração a reintegração de Alexandre Pato, Eduardo Ferreira disse que Pato joga mais pelos lados, tem outras características, mas que a prioridade ainda é a sua venda.

“Nós temos uma série de sondagens de fora, da Europa, da China, mas estamos esperando alguma proposta oficial. Caso não chegue nada até o dia 6, nós estamos o aguardando normalmente no clube e está tudo preparado para ele viajar sem problema algum”, disse o cartola. “Seria bom (vendê-lo). Seria bom para os dois lados. Mas caso ele fique, n´s vamos contar com um grande reforço, um grande jogador, e ele vai estar em um grande clube também”, explicou.

Foto: Divulgação



Flávio Moreira é jornalista especializado em mídias sociais. Com passagens por UOL e Electronic Arts, é apaixonado por esporte e acredita na produção de conteúdo feito de torcedor para torcedor.