“Cruzeiro não está quebrado”, disse vice-presidente

Cruzeiro
Foto: Reprodução

A torcida do Cruzeiro está preocupada com a falta de reforços para 2016. Até o momento nenhum jogador foi anunciado. A nova política financeira do clube explica o que está acontecendo com a Raposa.

O Cruzeiro, conforme informado pelo Torcedores.com no início do mês, deve ter um time mais modesto em 2016. Isto além de promover um treinador jovem e novato na profissão. No entanto, tudo faz parte de um planejamento traçado pela diretoria da Raposa para colher os frutos no futuro.

LEIA MAIS: 
Possível reforço do Cruzeiro já comemorou gol com ‘dedada’ em companheiro

Bruno Vincintin há alguns dias afirmou que “O caixa do Cruzeiro está equilibrado. Existem dois tipos de clubes no Brasil, os que estão apertados e os que estão quebrados. O Cruzeiro não está quebrado, está com o caixa controlado”

Thiago Scuro, diretor de futebol da Raposa também comentou sobre o assunto nesta segunda-feira à Radio Itatiaia

“É um trabalho de reorganização administrativa e financeira do Cruzeiro. A organização do número de atletas sob contrato, naturalmente, já traz uma redução nesse custo. Mas, muito mais do que reduzir o custo, para ter capacidade de investimento, é poder colocar o Cruzeiro em patamares que ele suporte, que possa voltar a ter capacidade de investimento que já teve em outros anos. Esse é o grande legado que 2016 precisa e vai deixar para o Cruzeiro”.

Com o elenco mais enxuto em 2016, até porque a equipe não terá a Libertadores pela frente como teve em 2015, Scuro espera ter melhor capacidade de investimento em 2017.

Vale lembrar que, apenas com as dispensas já realizadas, o Cruzeiro está economizando mais de R$ 2 milhões.

Um acordo realizado com a Receita Federal, também é responsável pelos ajustes nas finanças do clube. Assim como outros dos principais clubes do país, a equipe Celeste, aderiu ao plano que visa pagar suas dívidas com a Receita, o Profut. O clube que não arcar com o acordo será rabaixado.

Foto: Reprodução