Botafogo renova contrato com a Globo, mas presidente avisa: “É melhor rescindir”

Foto: Botafogo/Divulgação

O Botafogo acertou a renovação do contrato de direitos de transmissão de seus jogos com a Rede Globo até 2020, mas o impasse no pagamento de valores pode provocar a rescisão do contrato, como afirmou o presidente do clube, Carlos Eduardo Pereira.

LEIA MAIS:
Pelé publica mensagem de apoio a Gordon Banks, que está com câncer
Lei do ex? Brasileiro marca gol contra a favor de seu ex-time, em Portugal
Veja 6 jornalistas que fizeram tudo pela audiência em 2015
Para Gugu, “Brasil quebrará recorde de medalhas em Olimpíadas”
Matheus Salles cumpre promessa e dá geladeira nova para sua mãe no Natal
Jornal inglês debocha do pedido de desculpas de Van Gaal
Kluivert, ex-atacante do Barcelona e da Holanda, marca golaço em amistoso. confira

Em entrevista ao UOL, o mandatário explicou a situação e ressaltou que os valores prometidos são condição obrigatória para a permanência do contrato, pois, do contrário, ele pode ser rescindido:

“O Botafogo ainda está analisando o que vai fazer. Está em aberto, mas atualmente as conversas não estão legais. Os departamentos jurídicos não enxergam a situação da mesma forma. O contrato só é válido se recebermos o dinheiro, senão é melhor rescindir e deixar o antigo [até 2018] valendo”, disse o presidente do Botafogo, Carlos Eduardo Pereira, ao UOL.

O acordo feito entre o clube e a emissora previa um adiantamento de aproximadamente R$ 20 milhões para a próxima temporada, mas o dinheiro ainda não foi repassado ao Glorioso.

Foto: Botafogo/Divulgação