5 motivos para os gremistas se orgulharem do time em 2015

Reprodução / Facebook

Desacreditado no início da temporada, o Grêmio transformou as críticas em elogios e vai fechar a temporada com mais motivos para sorrir do que para se lamentar. Os mais pessimistas chegaram até a cogitar rebaixamento para o tricolor. E talvez nem os mais otimistas pudessem imaginar um absoluto 3° lugar no Brasileirão. Abaixo, listamos cinco motivos que devem fazer o torcedor gremista sentir orgulho do time em 2015.

Arena cheia

Mesmo em um ano que não participou da Libertadores, o Grêmio teve um ótimo desempenho em termos de média de público nos seus jogos mandados na Arena, em Porto Alegre. No total, o time atingiu média de 23.164 torcedores pagantes, em 34 jogos disputados em casa em 2015. Somando todos os demais clubes brasileiros, o Grêmio é o 4° clube que mais recebeu público jogando como mandante. O Corinthians lidera com média de 33.480. Palmeiras e Flamengo, respectivamente, estão logo atrás.

Afirmação de Roger

Após a saída de Luiz Felipe Scolari ainda no início da temporada, seria difícil imaginar que o seu sucessor teria tanto êxito e competência para trabalhar com praticamente o mesmo grupo deixado. Pois Roger Machado não só conseguiu como ainda encheu os gremistas de esperança por um 2016 melhor. O time tem o dedo e a cara do técnico.

Vaga na Libertadores

No Rio Grande do Sul, há o constante debate sobre até que ponto se deve comemorar ou não uma vaga conquistada. Em 2015, de qualquer forma, só quem poderá comemorar é o Grêmio, que representará o Rio Grande do Sul na Libertadores de 2016 após ficar em terceiro lugar no Brasileirão. O Inter, maior rival, está fora da próxima edição. Dá para se orgulhar?

Luan brilhante

O atacante Luan fez um 2015 para ninguém mais duvidar ou debater o seu futebol. Foi o craque e o protagonista do time do início ao fim e se transformou no grande condutor rumo à inquestionável vaga na Libertadores de 2016. Mostrou que cresce em momentos decisivos, como nos gols importantes diante do Atlético-MG, em Minas, e no Gre-Nal dos 5×0, na Arena.

5×0 no rival

Possivelmente, o maior orgulho gremista da temporada de 2015 foi ter aplicado inapeláveis 5×0 no maior rival na Arena. Pelo primeiro turno do Brasileirão, o Grêmio literalmente passou por cima do Inter e goleou sem a menor piedade. Sem técnico e com a ressaca moral da recente eliminação na Libertadores, o colorado não se encontrou naquela tarde e foi atropelado. Além do orgulho, o Grêmio conseguiu devolver na mesma moeda os 5×2 sofridos em 1997, dentro do Olímpico.

Foto: Reprodução/Facebook

 



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Fã de esportes, sobretudo tênis. Colorado por paixão, jornalista por vocação e tenista por opção.