Segundo, Hamilton esnoba poles seguidas de Rosberg: “Ganhei o campeonato”

Feliz mesmo com o segundo lugar no grid de largada. Assim está Lewis Hamilton, que viu pela quinta vez seguida seu companheiro de equipe, Nico Rosberg, conquistar uma pole position na Fórmula 1, desta vez para o Grande Prêmio do Brasil. Neste sábado (14), o já campeão do mundo de 2015 foi o mais rápido nas duas primeiras fases do qualifying, mas foi batido na parte decisiva. O inglês, porém, garante não se importar com isso e cutucou o piloto alemão.

LEIA MAIS:
Rosberg mostra empolgação com pole e disputa pelo vice-campeonato

“O dia, na verdade, foi bom. Estou contente com o equilíbrio do carro e com o trabalho dos engenheiros. As voltas foram muito boas no Q1 e no Q2, mas no Q3 eu não fui capaz de buscar aquele algo a mais e não fiz um bom primeiro setor. Meu trabalho eu já fiz neste ano, então, como nunca venci aqui, esta é a nova meta”, disse Hamilton, logo após o qualifying.

Questionado sobre a sequência de poles position de seu companheiro de equipe, Nico Rosberg, Hamilton disse que não conseguir ser o mais rápido das tomadas de tempo não chega a ser algo significante. O inglês também aproveitou para esnobar o piloto alemão.

“Eu sou quem mais fez poles neste ano e quem ganhou o campeonato, então eu acho que essa sequência sem poles positions não é muito significativa. Você não consegue ser perfeito sempre”, encerrou Hamilton, que tem 345 pontos no Campeonato Mundial de Pilotos.

O Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 acontece neste domingo (15), a partir das 14h.

Foto: Beto Issa/F1 GP Brasil



Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.