Robinho revela comentário de Alex após golaços em Ceni: “Não se empolga”

Cesar Greco / Agência Palmeiras

Robinho ainda não conquistou nenhum título com a camisa do Palmeiras – terá essa oportunidade na final da Copa do Brasil diante do Santos –, mas isso não o impediu de garantir um lugar especial na memória dos palmeirenses. Isso porque nesta temporada o meia marcou dois golaços no São Paulo, ambos por cobertura, em Rogério Ceni.

Leia Mais:
Apresentadora da ESPN rejeita título de musa e pede mais respeito com as mulheres no jornalismo esportivo
Alex descarta assumir Coxa e diz que ser comentarista é mais difícil que jogar

O meia esteve no lançamento da biografia do ex-jogador Alex, na última terça-feira (10) em São Paulo, e revelou o que o amigo disse depois que o camisa 27 marcou as obras-primas sobre Ceni.

“Ele só falou para eu não me empolgar. Brincou, na verdade. Só me deu os parabéns porque são gols difíceis. E ele entende muito, deu dois chapéus (em Rogério Ceni)”, afirmou Robinho.

Pelo Campeonato Paulista, Robinho fez uma pintura quase do meio de campo e encobriu Ceni no triunfo alviverde por 3 a 0. Já no segundo turno do Campeonato Brasileiro, o jogador foi o responsável direto no empate em 1 a 1. Após Ceni sair jogando mal, Robinho tocou por cobertura e sentenciou o placar.

Robinho também falou sobre a relação próxima que tem com o ex-jogador, com quem atuou no Coritiba.

“A gente tem uma amizade. O Alex me ensinou muitas coisas que eu venho trazendo para o futebol. Eu sempre deixei claro que depois que o conheci, admiro muito que ele fazia dentro e fora de campo, é uma pessoa que sempre mostrou como tem que ser o lado profissional do futebol. Procuro seguir o que ele vem fazendo. Ele, Ronaldo e Marcos são alguns ídolos, mas o Alex está na ponta da lista com certeza”, completou Robinho.

Sobre a nova fase da carreira de Alex, hoje comentarista dos canais ESPN, Robinho disse que ainda acha estranho ver o amigo comentando as suas jogadas em campo.

“Sempre que ele fala, ele fala bem. Fico feliz quando ele me elogia, tento receber os melhores elogios possíveis. É difícil você conhecer o cara e ver ele te elogiando ali. Acho até que em alguns momentos ele poderia me criticar e dá uma segurada pela amizade. Mas isso faz parte e eu fico muito feliz”, finalizou o meia.

Foto: Cesar Grecco/Agência Palmeiras



Jornalista que gosta de boas histórias e grandes personagens, não importa se dentro ou fora de campo