Relembre jogadores com passagens pela dupla Gre-Nal que tiveram a mesma lesão de Valdívia

Valdivia
Divulgação/Internacional

Nesta segunda-feira (16), o meia Valdívia teve confirmada uma grave lesão no joelho esquerdo, ocasionada após uma falta sofrida no amistoso entre a Seleção Olímpica do Brasil e Estados Unidos disputado no último domingo. Logo aos 10 minutos de jogo, o jogador colorado foi ao chão e demonstrou a gravidade da lesão.

MAIS DUPLA GRE-NAL:

10 coisas que os outros times brasileiros invejam na dupla Gre-Nal, mas não assumem

Cada vez mais comum no futebol de hoje, a lesão de ligamento cruzado anterior de joelho já tirou, somente nessa temporada, importantes jovens valores de outros clubes do Brasil. O volante Gabriel, do Palmeiras, e o atacante Luciano, do Corinthians, foram algumas vítimas da fatalidade e seguem em tratamento para retornarem em 2016.

Alguns personagens conhecidos da dupla Gre-Nal também já foram acometidos por essa grave lesão. Abaixo, o Torcedores.com relembra alguns.

Ramiro (Grêmio) – Na partida de ida da semifinal do Gauchão desse ano contra o Juventude, em Caxias, o gremista Ramiro sofreu uma forte entorse no joelho esquerdo que resultou na ruptura do ligamento cruzado. A cirurgia foi feita em abril, mas em novembro o volante já estava à disposição do técnico Roger.

Cassiano (Inter) – O atacante Cassiano, com passagens pelas categorias de base do Inter e titular em algumas partidas no Brasileirão de 2012, também sofreu a mesma lesão de Ramiro e Valdívia. Em 2014, jogando pelo Santa Cruz, do Recife, ele rompeu os ligamentos do joelho direito.

Alan Ruschel (Inter) – Logo no seu início de trajetória no Atlético-PR em 2015, após ser cedido pelo Inter depois de dois anos no Beira-Rio, o lateral esquerdo Alan Ruschel sofreu uma dura lesão no joelho esquerdo em partida contra o Joinville, pela Sul-Americana. Foi detectada ruptura nos ligamentos do joelho esquerdo

Grafite (Grêmio) – O centroavante Grafite, de extensa carreira no futebol europeu e com presença na Copa do Mundo de 2014, sofreu o mesmo golpe em sua curta passagem pelo Grêmio em 2002. Em uma partida contra o Juventude pela Sul-Minas daquele ano, em que inclusive fez gol, o atacante acabou tendo a mesma lesão no joelho.

Gabriel (Grêmio) – Destaque do Lajeadense no Gauchão de 2013, o zagueiro Gabriel foi contratado e logo recebeu oportunidades no Grêmio de Renato Gaúcho. Mas, em um treinamento, acabou sofrendo a fatídica lesão no joelho esquerdo. Desde então, o jogador foi obrigado a realizar mais de uma cirurgia no local, e mesmo assim não conseguiu recuperar a forma.

Sorondo (Inter) – A passagem de Sorondo pelo Inter foi abreviada por conta das sucessivas lesões. Em 2011, possivelmente a mais grave. Em um jogo contra o São José, pelo Gauchão, ele rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho direito.

Souza (Grêmio) – O meia Souza, com passagem marcante pelo São Paulo, também passou pelo mesmo drama em seu período no Grêmio, clube que defendeu entre 2008 e 2010. Em um Gre-Nal de 2010, após uma disputa de bola com o colorado Fabiano Eller, Souza sentiu o joelho dar o estalo e o pior veio a se confirmar dias depois.

Nilmar (Inter) – Nilmar, eterno atacante colorado, viveu dias difíceis em sua passagem pelo Corinthians entre os anos de 2005 e 2007. Em 2006, a primeira lesão no ligamento cruzado anterior do joelho direito. Um ano depois, a mesma, mas no esquerdo.

Crédito da foto: Divulgação/Inter.

 



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Fã de esportes, sobretudo tênis. Colorado por paixão, jornalista por vocação e tenista por opção.