Pela semifinal da Copa Paulista, Linense e Penapolense entram em campo em Lins

Depois de ter tomado a virada contra a Penapolense, o time do Linense está em busca do título da competição e precisa vencer para chegar a final. Uma simples vitória o classifica.

Leia Mais:

Primeiro de Maio ganha modernização para o Paulistão

O Penapolense venceu o Linense por 2 a 1 no clássico valido pelo jogo de ida da semifinal da Copa Paulista. O Linense até saiu na frente jogando no Tenentão, mas sofreu a virada e agora precisará jogar por uma vitória na segunda partida, marcada para o sábado, às 19h, no estádio Gilbertão, em Lins.

Por ter tido uma melhor campanha nas fases anteriores, o Linense se classifica com uma vitória por 1×0, enquanto a Penapolense irá jogar para conquistar o empate e avançar a final da competição. O jogo será transmitido pela Rede Vida de Televisão.

O treinador do Linense, Moisés Egert, não poderá contar com o atacante Rafael Aidar e nem com o defensor Alex Barros, que receberam o terceiro cartão amarelo na partida de ida. O volante Juninho Ortega foi expulso no segundo tempo do jogo fora de casa e não poderá jogar a segunda partida.

O jogo de ida teve sucesso de público. 8200 torcedores foram ao Tenentão no domingo passado. Para o jogo de volta, a diretoria do Linense liberou 7 mil ingressos, em parceria com o ‘Futebol Sustentável’ da Federação Paulista de Futebol.

Paulinho Kabayashi terá a opção de repetir a escalação do primeiro jogo. A equipe não possui nenhum desfalque para o jogo e o técnico montará o elenco baseado nos treinamentos feitos durante a semana.

Linense: Igor Rayan; Tavares, Rodrigo Lobão, Jorge Luiz e Maicon; PV, Tássio, Thiago Humberto e Rafael Chorão; Gabrielzinho e Billy. Técnico: Moisés Egert

Penapolense: Samuel Pires; Neilson, Ricardo, Dominguinhos e Élvis; Jairo, Kesley, Felipe Merlo e Pará; Fio e Dimba. Técnico: Paulinho Kobayashi

Foto: Reprodução/Facebook Linense



Nascido em Sorocaba, acompanha futebol desde os 8 anos e é apaixonado pelo europeu. Tem simpatia pelo Argentino e também gosta muito do Brasileiro. Basquete é outra opção boa.