Massa e Nasr falam sobre incidente no qualifying do GP do Brasil

Circuit of the Americas, Austin, Texas, United States of America. Thursday 22 October 2015. Felipe Massa, Williams F1. Photo: Glenn Dunbar/Williams ref: Digital Image W89P3542

O treino classificatório realizado no último sábado (14) para o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 foi marcado por um incidente envolvendo os dois pilotos brasileiros do grid. Ainda na primeira das três fases do qualifying, Felipe Nasr buscava aquecer os pneus antes de abrir volta quando acabou bloqueando a passagem de Felipe Massa, que estava em volta rápida. O ocorrido rendeu a perda de três posições ao piloto da Sauber.

LEIA MAIS:
Campanha da Rio-2016 tem pré-lançamento no GP do Brasil

Nasr explicou que recebeu uma orientação de sua equipe de que todos os pilotos estavam em volta de aquecimento, inclusive as duas Williams. O time ainda disse para o brasileiro não se preocupar em abrir passagem, uma vez que Valtteri Bottas estava atrás dele também em um giro de saída dos boxes.

“Quando eu saí dos boxes, recebi a comunicação da equipe de que todo mundo estava sincronizado e na volta lenta. Vim descendo o mergulho e, no meio tempo, as Williams trocaram de posições. Então, o último carro que vi atrás de mim era uma Williams, achei que fosse o Bottas. E, quando eu fui fazer a subida, o Massa passou com tudo. Então eu não tinha nada o que fazer”, disse Nasr.

Massa confirmou a versão de Nasr e comentou que trocou de posição na pista com Bottas algumas curvas antes de encontrar o piloto da Sauber e ser obrigado a sair da pista para não bater. O piloto da Williams também disse que, apesar de pedir aos comissários não punirem o piloto do carro número 12, acredita que a penalização aplicada foi correta.

“O Bottas freou para eu passar antes da curva dez, e talvez a equipe não avisou ele, que deve ter esperado uma coisa que aconteceu ao contrário. Eu estava na curva 11, na minha volta do pneu, ele pensou que era o Bottas e prejudicou a minha volta”, comentou Massa.

“O que aconteceu com ele é totalmente normal, ele tinha que ser penalizado mesmo. Independente de eu ter passado de fase, não quer dizer que não era para ele ser punido, pois acabou impedindo outro piloto de fazer a volta. Isso é o que está escrito no regulamento. Falei com os comissários e até tentei aliviar o lado dele, mas não adiantou”, completou o vice-campeão de 2008.

O estreante em GP do Brasil conversou com Massa logo após o término do treino classificatório e se desculpou com o compatriota. Nasr também admitiu que errou e concordou com a punição sofrida. “Conversei com ele. Ele mesmo viu. Falei pra ele ‘desculpa, foi uma falha de comunicação’, e acabou que ele entrou no Q2 e teve a oportunidade dele. Mas regras são regras”, completou.

O Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 terá sua largada a partir das 14h.

Foto: Williams



Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.