Jornalista diz que seleção está se tornando “crematório” de goleiros

O programa “Seleção Sportv” teria como pauta principal nesta sexta-feira (13) o jogo entre Argentina x Brasil, que deveria ter sido realizado na noite desta quinta-feira (12) no estádio Monumental de Nuñez, em Buenos Aires. Contudo, a forte chuva que caiu sobre a capital do país vizinho impediu a realização da partida, remarcada para logo mais, às 22h e o assunto inicial do atração do canal por assinatura foi o time comandado por Dunga, em particular a situação dos goleiros.

LEIA MAIS
Argentina x Brasil: chuva e adiamento viram piadas e memes na web

Dois nomes dos três convocados pelo comandante do time nacional foram alvos de análise, Jéfferson (Botafogo) e Alisson (Internacional). Durante a conversa no bloco inicial do programa, o “Capitão do Tri” Carlos Alberto Torres revelou estar preocupado com a situação do camisa 1 do Botafogo, uma vez que ele era o titular até o jogo com o Chile, em Santiago e na partida seguinte perdeu a titularidade para o jogador do Colorado.

Após os dois primeiros jogos das Eliminatórias, Torres disse que temeu por uma eventual não convocação por parte da CBF de Jefferson, por conta da escolha de um culpado por uma derrota, como aconteceu no jogo em Santiago. Logo depois, o jornalista da emissora gaúcha RBS e do jornal Zero Hora, Mauricio Saraiva, disse que está começando a existir uma espécie de “Crematório CBF”, por conta da troca rápida de goleiros no time nacional.

Além de Jefferson e Alisson, Cássio, do Corinthians, foi convocado para os jogos contra a Argentina (em Buenos Aires) e Peru (em Salvador), que encerram neste ano as Eliminatórias para a Copa do Mundo da FIFA de 2018, que será jogada em gramados da Rússia.

Foto: Reprodução / TV