Felipe Nasr afirma que acha errado que as pessoas esperem um novo Ayrton Senna

Ayrton Senna é um ídolo para milhares de brasileiros e Felipe Nasr não se considera fora desta lista. Mas para o atual piloto da Sauber numero 12 não existirá outro Senna na história do automobilismo brasileiro. 

Debutando em seu primeiro GP do Brasil como piloto titular de uma equipe de Formula 1, o brasiliense Felipe Nasr deu declarações ao UOL Esporte a respeito da idolatria do brasileiro ao tricampeão Ayrton Senna.

“Todos os brasileiros têm um carinho enorme pelo Ayrton por tudo o que ele fez pelo Brasil, pela intenção dele em melhorar a educação e a pobreza. Acho que ele fez muita coisa boa pelo Brasil, não só nas pistas, como fora dela também. Enquanto tiver automobilismo, o nome do Ayrton estará lá em cima”

Nasr também argumentou sobre a injustiça que os pilotos brasileiros sofrem ao serem comparados com Senna e defendeu que cada indivíduo é diferente e cada piloto deve cimentar sua própria história e sua própria trajetória na categoria: “O que eu acho errado é as pessoas esperarem um novo Senna. Ele, como qualquer campeão, tem a história dele e acho que ninguém precisa imitar mas, sim, construir sua própria história. Cada um tem uma história diferente. Mas, cada um que comece a correr no Brasil tem, automaticamente, uma pressão por resultados. Você nasce com essa responsabilidade. Mas como eu nasci praticamente já dentro do automobilismo, aprendi a lidar com essas coisas.”

Nasr disputará seu primeiro GP do Brasil como piloto titular da Fórmula 1 neste final de semana, com largada às 14h do domingo.

Imagem: Reprodução/Twitter Felipe Nasr



Fanático por hockey e automobilismo, escrevo sobre ambos.