Em luto por ataques em Paris, pilotos da F1 realizam desfile em Interlagos

A Fórmula 1 prestou neste domingo (15) sua homenagem as pessoas mortas nos ataques terroristas ocorridos em Paris na última sexta-feira. Durante o desfile de pilotos realizado nesta manhã no Autódromo de Interlagos, local que recebe o Grande Prêmio do Brasil, os competidores deram uma volta pelo circuito carregando uma bandeira da França com uma faixa preta indicando luto.

LEIA MAIS:
Campanha da Rio-2016 tem pré-lançamento no GP do Brasil

Único piloto francês do atual grid da Fórmula 1, Romain Grosjean disse que tentará conquistar um lugar no pódio como forma de homenagear a todos os franceses, além de frisar que não é fácil estar longe de casa em um momento tão tenso como o vivido na última sexta-feira.

“O melhor que eu posso fazer é colocar a bandeira francesa no topo do pódio. Vai ser difícil, mas vamos fazer uma corrida, pensar no que aconteceu e esperar que a paz chegue rapidamente. Não é uma situação ideal e, é claro, não é algo que você gostaria de falar. Mas por outro lado, quando você está no carro, é um esporte perigoso, e você precisa estar focado no que está fazendo”, comentou.

“Foi um choque para todo mundo, e estar longe de casa é muito difícil. Todos os meus pensamentos e desejos estão com todos que estão voltando para casa”, completou o piloto, que largará da 14ª colocação na corrida que acontece na tarde deste domingo.

Além da homenagem feita na parada de pilotos, a Fórmula 1 também lembrará os mortos em Paris com a realização de um minuto de silêncio quinze minutos antes do início da corrida.

Foto: reprodução/Twitter



Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.