Crefisa segue reforma na Academia e cogita prêmio por título ao Palmeiras

Após imbróglio envolvendo o Palmeiras e a Crefisa, por conta de uma camisa comemorativa com a marca Parmalat que seria lançada pela Adidas, a presidente da patrocinadora do Verdão, Leira Pereira, volta a falar sobre a reforma na Academia de Futebol e até mesmo não descarta uma premiação ao elenco em caso de conquista da Copa do Brasil.

LEIA MAIS
Palmeiras promove churrasco entre jogadores e familiares em Atibaia
Veja 8 coisas que só acontecem com o Palmeiras

Em entrevista à Rádio Globo, a presidente da Crefisa, Leila Pereira, comentou sobre toda a situação polêmica dos últimos dias e deixou claro que a relação entre suas empresas e o Palmeiras NÃO fica abalada CASO o Palmeiras desista da ideia de lançar uma camisa comemorativa com a marca Parmalat. Como o Verdão já se pronunciou oficialmente a respeito por meio de nota, descartando tal possibilidade, o torcedor pode ficar tranquilo em relação à continuidade do patrocínio.

Outro ponto positivo em meio a toda a polêmica desta semana está no fato da revelação de que tanto Leila Pereira quando seu marido, José Roberto Lamacchia, estão nos Estados Unidos em busca de novos aparelhos de musculação para a academia do Verdão.

“O que nós fazemos pelo Palmeiras vai além do contrato de patrocínio. A reforma que estamos fazendo na academia não tem nada a ver com o patrocínio, é uma liberalidade do patrocinador, que gosta muito do clube. Graças à Crefisa e à FAM o Palmeiras vai ter uma das melhores academias da América do Sul. Vim para cá para agilizar isso, ver os equipamentos que foram todos escolhidos pelo Palmeiras. A gente está ajudando o clube nessa reforma da academia que estava parada há anos”, explicou Leila Pereira.

Além da academia de musculação, as obras na Academia de Futebol como um todo também seguem a todo vapor. “As obras continuam normalmente. Todas as pessoas que estão trabalhando na obra são contratadas pela Crefisa e pela FAM”, disse a presidente.

Leila Pereira cogitou ainda uma bonificação ao Palmeiras em caso de título da Copa do Brasil. O Verdão decide o torneio mata-mata no dia 25 de novembro e 2 de dezembro, podendo garantir uma vaga na próxima Libertadores da América.

“Podemos conversar [sobre o bônus], até iniciei uma conversa com o Paulo [Nobre] há uns quinze dias, mas não concluímos. Isso [a premiação] está em aberto. Fazemos o possível e o impossível para tornar o Palmeiras novamente campeão, é um compromisso que tenho com a torcida. Então pode ser sim. Acredito que o Palmeiras está extremamente focado em levar a Copa do Brasil. Aí para o ano que vem podemos sentar e conversar, estou sempre à disposição para ajudar o Palmeiras”, finalizou.

Foto: César Greco / Palmeiras / Divulgação