Contra o tempo, diretoria do Agua Santa antecipa inclusão de cadeiras

Restando quase 3 meses para o início da competição, equipe de Diadema tenta fazer o estádio ficar pronto até Janeiro.

A diretoria do Água Santa tem pensado em quase tudo, com o elenco montado para a disputa do Paulistão, os dirigentes estão correndo para ampliar o estádio o mais rápido possível, segundo informações da Federação Paulista de Futebol, a capacidade mínima do estádio deverá ser de pelo menos 10 mil.

O cronograma está um pouco atrasado devido as chuvas. O setor mais prejudicado é a drenagem do campo, demarcado no padrão fixa: 105 por 68 metros. Metade está pronta e a outra metade precisa ser concluída, além do plantio da grama. O prazo máximo é dia 15 de dezembro, 45 dias antes do início da competição, que acontece dia 31 de janeiro.

Em entrevista ao Portal Futebol Interior, a diretoria do Agua Santa comentou sobre a antecipação dessa cadeiras:

“O normal seria a gente esperar todas as arquibancadas ficarem prontas para que pudéssemos as cadeiras. Mas estamos avaliando a possibilidade de já ir adiantado esta etapa para que tudo sai dentro do prazo previsto e determinado”, afirmou Laureto Silva, um dos assessores da presidência do clube.

Foto: Reprodução/Twitter



Nascido em Sorocaba, acompanha futebol desde os 8 anos e é apaixonado pelo europeu. Tem simpatia pelo Argentino e também gosta muito do Brasileiro. Basquete é outra opção boa.