Brasileiro do Orlando City terá apoio de 70 amigos e familiares no Maracanã para amistoso com o Flamengo

Desconhecido para o grande público brasileiro, o meia-atacante Pedro Ribeiro realizará o sonho de jogar no Maracanã, no amistoso entre Flamengo e Orlando City, neste domingo (15), às 15h30, em comemoração aos 120 anos do time carioca. Mas quem imagina que, por jogar no time norte-americano, ele não terá apoio, está muito enganado. Cerca de 70 pessoas entre parentes e amigos estarão torcendo pelo jogador nas arquibancadas do estádio carioca.

LEIA MAIS:

Craque do futebol, Raúl se aposenta hoje; assista aos 10 gols mais bonitos do espanhol

Mineiro de Belo Horizonte, o jogador de 25 anos, começou a carreira nas categorias de base do Cruzeiro, mas, aos 20 anos, recebeu uma oferta de bolsa de estudos da Coastal Carolina University, dos Estados Unidos, para estudar e jogar “soccer” pela instituição e resolveu aceitar.

“Fiz quatro anos muito bons na universidade e me formei em Ciência do Esporte”, contou Pedro, em entrevista ao site do Orlando City.

Pedro não vê a hora de se encontrar com os amigos de Minas Gerais. “São apenas quatro horas de viagem de carro e muitos virão de ônibus até o Maracanã”, disse o brasileiro. “Será, certamente, uma grande ocasião e algo para ser celebrado. [O jogo] Será também muito importante para a organização do evento, para a comissão técnica, para os proprietários [do Orlando] e para nosso fans”, completou Pedro, em conversa com o site da MLS (Major League Soccer).

Em sua temporada de estreia no Orlando City, o atleta vibra com a chance de poder realizar a chance de atuar no Maracanã.. “[Jogar no estádio] É algo que eu sempre sonhei”, disse ele. “E agora se tornará realidade. Eu tomo como um grande privilégio atuar neste grande palco. Será uma grande oportunidade não só para mim, mas para todo o time”, completou.

“É um dos mais importantes e famosos estádios do mundo. Já foi palco de duas finais de Copas do Mundo [1950 e 2014] e está no coração de cada brasileiro”, finalizou Pedro Ribeiro.

Foto: Divulgação/Orlando City