Botafogo perde para o Santa Cruz e sai vaiado do Niltão

Foto: Botafogo/Divulgação

O Botafogo recebeu o Santa Cruz no estádio Nilton Santos na tarde deste sábado (14), mas não conseguiu valer seu mando de campo e foi derrotado por 3 a 0, gols de Lelê, Grafite e Bruno Moraes. Com o resultado negativo, o time de General Severiano não conseguirá o título da competição nesta rodada.

LEIA MAIS:
Gols, passes e dribles: Veja algumas jogadas de Vecchio, que negocia com o Botafogo
Veja os bastidores do acesso do Botafogo à Série A

Se para o Botafogo o jogo era de título, para o Santa era chance de garantir o seu acesso para a Série A. Bem organizada, a equipe do técnico Marcelo Marcelotti adotou uma postura tática acertada e conseguiu conter o ímpeto do Glorioso. Disperso, o time de Ricardo Gomes demorou demais a entrar no clima da partida.

Na segunda etapa, o castigo aconteceu. Muito melhor no duelo, o time do Arruda abriu o placar com Lelê. Desesperado, o Fogão tentou responder, mas acabou sendo massacrado. Grafite e Bruno Moraes ampliaram o placar que terminou 3 a 0 par o Santa Cruz.

Após o apito final do árbitro, a torcida alvinegra deu sequência as vaias que já eram ouvidas durante o duelo.

Veja os melhores momentos da partida:

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 0 X 3 SANTA CRUZ

Local: Estádio Nilton Santos, Rio de Janeiro (RJ)
Data/Horário: 14/11/2015, às 17h30
Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC/Fifa)
Assistentes: Kleber Lucio Gil (SC/Fifa) e Carlos Berkenbrok (SC)
Público/Renda: 19.435 pagantes / 23.035 presentes / R$ 679.030,00
Cartões amarelos: Thiago Carleto (BOT); Lelê, Daniel Costa, João Paulo, Vinícius Reche (SAN)
Gols: Lelê – 5’/2ºT (0-1), Grafite – 22’/2ºT (0-2) e Bruno Moraes – 30’/2ºT (0-3)

BOTAFOGO: Helton Leite, Luis Ricardo, Diego Giaretta, Roger Carvalho e Carleto; Rodrigo Lindoso, Willian Arão, Camacho (Fernandes – Intervalo) e Diego Jardel (Elvis – 8’/2ºT); Neilton e Navarro (Ronaldo – 27’/2ºT). Técnico: Ricardo Gomes.

SANTA CRUZ:
Tiago Cardoso, Vitor, Alemão, Danny Morais e Allan Vieira; Wellington Cezar, Luisinho, Lelê (Bileu – 17’/2ºT) Daniel Costa (Vinícius Reche – 34’/2ºT) e João Paulo; Grafite (Bruno Moraes – 28’/2ºT). Técnico: Marcelo Martelotte.

Foto: Botafogo/Divulgação