As guerreiras do CATS na final do Paulista Feminino

Que jogo…que emoção…

Muitos pensaram que após o empate de 3 a 3 em São Bernardo haviam acabado as emoções…se enganaram, o Ginásio Zé do Feijão, nosso querido “Mister Bean” a nova casa do futsal taboanense recebeu um ótimo público, que vibrou demais e quem não esteve pessoalmente pode vibrar com a emocionante e animada narração de Alex Tobias e a equipe da Rádio ESPORTESNET que transmitiu a partida para todo o mundo. Outro ponto a se destacar jornalisticamente foi o respeito com que a equipe da Rádio ESPORTESNET foi tratada pela Secretaria de Esportes e pela equipe do CATS.

O CATS começou com muita velocidade, sufocando a SABESP.

Drika, abriu o placar para o time taboanense, mas ainda no primeiro tempo, a jogadora do São Bernardo, Adriana empatou.

No segundo tempo, os dois times vieram empolgados e o São Bernardo virou com um golaço de Bianca, 2×1 para o visitante. Caminhando para o fim do jogo, o futsal de Taboão conseguiu empatar com a jogadora Aline, que chutou de fora da área e marcou com precisão.

Aline empatou a partida e aí veio a polêmica da partida: membros da torcida organizada do CATS, começaram a desrespeitar a equipe de São Bernardo em uma atitude infelizmente inaceitável para o esporte, conforme apurou nossa reportagem. Após muito discutir o jogo voltou. Após alguns minutos, Camila do São Bernardo foi expulsa por desentimento com a arbitragem, como ela estava no banco no momento, o São Bernardo não perdeu atletas em quadra.

A partida voltou após a discussão em outro tom, o da poesia cantada em verso e prosa pela majestade, a bola. Ela pediu, clamou por mais emoção e logo a treinadora Cris Souza, do CATS promoveu uma mudança que foi chave na partida. Chamou a capitã Carla Hortelan para orquestrar a virada em um enredo de filme, uma bola marota enfiada ao ataque taboanense onde a goleira de São Bernardo cometeu falta na área…penalidade máxima!!!!

Carla partiu confiante para a bola, a segurou como quem segura uma filha e a ela pediu o tento onde com sua precisão, cutucou e guardou no fundo das redes da equpe do ABCD…CATS 3 a 2 e o ginásio virou pura emoção.

Os últimos dois minutos foram de pura vibração e estratégia até o apito final do árbitro…aí foi um carnaval antecipado… CATS na final do campeonato paulista feminino.

Ovacionadas, as atletas do Tricolor da Serra eram pura alegria, uma final inédita, agora é só esperar as datas das finais.

A treinadora do São Bernardo, Maria Cristina destacou a boa movimentação e a variação de formação do CATS para ser determinante na partida e lamentou o posicionamento do árbitro quanto as ações da torcida organizada que segundo ela não representam a cidade de Taboão.

Do lado vencedor a treinadora Cris Souza era só emoção… enalteceu a união do grupo e a postura tática em quadra que foram fundamentais para que o CATS enfrentasse a boa equipe de São Bernardo.

Ouça novamente a partida em ESPORTESNET



Professor, Treinador de Futebol, Profissional de Educação Física e Jornalista. Proprietário do ESPORTESNET e da Rádio ESPORTESNET. Palestrante Motivacional.