Aloísio Boi Bandido: “se o São Paulo me chamar eu volto”

São Paulo
Crédito de imagem: Divulgação

O atacante Aloísio Boi Bandido voltou ao São Paulo nesta sexta-feira. Ele não foi contratado, apenas está curtindo as férias no Brasil, mas apareceu no CT do clube tricolor e chamou atenção em uma entrevista coletiva na qual comentou sobre as possibilidades dele e de Cuca, seu técnico Shandong Luneng (CHN), voltarem ao São Paulo.

LEIA TAMBÉM
Veja 10 jogadores emprestados que deverão voltar ao São Paulo em 2016

Aloísio ressaltou diversas vezes que tem contrato válido por mais dois anos com o Shandong. Mas mostrou vontade de voltar a jogar no São Paulo: “é um clube que a gente ama e sempre me acolheu muito bem. Fico com saudade e espero voltar. Não nego essa possibilidade, porque o clube que apostou em mim, deu praticamente tudo o que tenho. Espero que as portas estejam abertas. Vestir essa camisa me deu uma enorme alegria. Se o São Paulo me chamar eu volto”.

Aloísio teve uma boa temporada na China. O Shandong ficou em 3º lugar no campeonato nacional e contou com 21 gols do atacante. Por isso é difícil que o time resolva negociá-lo com o time paulista.

A situação do técnico Cuca é parecida. Ele tem mais um ano de contrato com o Shandong e está prestigiado. Mas é visto como um dos favoritos para assumir o comando do São Paulo em 2016.

Aloísio mostrou pouco conhecimento sobre o assunto: “começaram agora os rumores da saída dele e não conversarmos. É um treinador que pode fazer muito bem para o São Paulo. Mas não sei como está a situação dele”.

Crédito da foto: divulgação



Formado na Cásper Líbero, foi revelado pelo iG em 2007, teve longa passagem pela Terra e amou viver o futebol em todos seus níveis, desde as histórias mais alternativas até a final da Champions League 2013/2014