WEC: com Webber, Bernhard e Hartley, Porsche vence em Austin. Veja os melhores momentos

Mark Webber, Timo Bernhard e Brendon Hartley deram à Porsche sua terceira vitória na temporada 2015 do FIA WEC neste sábado (19), ao vencerem às Seis Horas de Austin, prova disputada no Circuito das Américas, nos Estados Unidos. Esta é a segunda vitória do trio, que havia triunfado em Nürburgrig, três semanas atrás, e a terceira consecutiva da equipe de Sttutgart.

LEIA MAIS:
Sem Brasil, FIA WEC revela calendário para 2016

Mais de um minuto atrás, o Audi de Marcel Fässler, André Lotterer e Benóit Tréluyer completou a prova na segunda colocação, seguido pelos companheiros de equipe Loic Duval, Oliver Jarvis e o brasileiro Lucas di Grassi, que completaram o pódio da etapa americana do Campeonato Mundial de Endurance.

A vitória do trio do ex-piloto de Fórmula 1 foi dramática. Webber, responsável por largar, tomou a liderança da corrida logo na largada e viu Hartley manter a posição, devolvendo-lhe o carro ainda na ponta. O australiano seguiu na liderança, mas errou o ponto de parada nos boxes no início da segunda metade da corrida. A falha custou uma stop and go de um minuto ao time.

Com a punição do protótipo numeral 17 e o ritmo pior dos concorrentes da Audi e da Toyota, o Porsche de Romain Dumas, Neel Jani e Marc Lieb assumiu a liderança da prova, ficando por lá até 32 minutos para o final da corrida. Neste momento Dumas foi aos boxes e viu o protótipo ser levado até a garagem, limando-o da briga pela vitória. Melhor para Hartley, que seguiu tranquilo para a vitória.

Pela categoria LMP2, a G-Drive Racing ficou com a vitória graças ao trio formado por Sam Bird, Julien Canal e Roman Rusinov. Matthew Howson, Richard Bradley e Nicolas Lapierre levaram a KCMG ao segundo lugar, enquanto Gustavo Yacamán, Ricardo González e o brasileiro Pipo Derani completaram a prova na terceira posição, também com um equipamento preparado pela G-Drive.

A Porsche foi a melhor também na classe LMGTE-Pro, que viu uma disputa ferrenha entre os dois carros da equipe. No fim, Michael Christensen e Richard Lietz levaram a melhor sobre Patrick Pilet e Frédérik Makowiecki e ficaram com a vitória. James Calado e Davide Rigon levaram a Ferrari F458 Italia da AF Corse ao terceiro lugar, seguidos pelo Aston Martin de Richie Stanaway, Alex MacDowall e do brasileiro Fernando Rees.

A SMP Racing foi a vencedora da classe LMGTE-Am em Austin. Com uma Ferrari F458 Italia, Victor Shaitar, Andrea Bertolini e Aleksei Basov conquistaram a vitória, seguidos pelo Porsche 911 RSR da Abu-Dhabi Proton, de Khaled Al Qubaisi, Christian Ried e Earl Bamber, vencedor das 24 Horas de Le Mans na LMP1. O pódio contou ainda com outra Ferrari, esta preparada pela AF Corse e conduzida por François Perrodo, Emmanuel Collard e Rui Águas.

A próxima etapa do FIA WEC acontece no dia 11 de outubro, com a realização das Seis Horas de Fuji, no Japão.

Veja os melhores momentos das Seis Horas de Austin:

Foto: divulgação/WEC



Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.