René Simões deixa o Figueirense e pode voltar ao Fluminense

Luiz Henrique / Figueirense

A derrota para o Avaí no clássico do Estádio Orlando Scarpelli derrubou René Simões no comando técnico do Figueirense. Ele é o 21º treinador a ser demitido no Brasileirão e pode substituir Enderson Moreira, demitido pelo Fluminense após goleada para o Palmeiras.

LEIA MAIS:
Após goleada para o Palmeiras, Enderson Moreira é demitido pelo Fluminense
Brasileirão: Fred perde gol INCRÍVEL e pênalti contra o Palmeiras; assista
Mercado da bola: Atacante do Palmeiras é cobiçado pelo Fluminense
Rafael Silva brilha e Vasco empata com Cruzeiro no Mineirão

A diretoria do Figueirense anunciou a troca de comando pelo site oficial do clube. “O técnico René Simões deixou o comando técnico do Figueirense após a derrota na noite desta última quarta-feira. A Diretoria Alvinegra agradece os serviços prestados pelo treinador”, avisa o comunicado.

René Simões começou 2015 no Botafogo, liderou o time no vice-campeonato carioca mas saiu após a eliminação na Copa do Brasil para o Figueirense.

Contratado pelo time de Santa Catarina, René Simões foi apresentado em 20 de agosto e ficou menos de um mês no alvinegro. Durante o período, o Figueirense eliminou o Atlético-MG nas oitavas de final da Copa do Brasil.

René Simões surge como opção para substituir Enderson Moreira no Fluminense. O ex-treinador de Santos e Goiás não resistiu à sequência de derrotas do tricolor carioca, que saiu da briga pelo G4 e caiu para 11º lugar na classificação. A diretoria confirmou que o clube vai divulgar o nome do novo técnico ainda nesta quinta (17).

Técnico do Fluminense na luta contra o rebaixamento para a Série B do Brasileirão em 2008, René Simões esteve à frente do time que garantiu vaga na Copa Sul-Americana mas foi demitido no ano seguinte, durante a disputa da Copa do Brasil.

(Foto: Luiz Henrique / Site oficial Figueirense)