“Pertas, menas”: Dunga volta a ser cornetado na web por erro de português

Assim como na coletiva na qual anunciou os jogadores convocados para amistosos contra Costa Rica e EUA, no último mês, o técnico Dunga voltou a cometer um curioso erro de português durante a convocação desta quinta-feira, para os jogos contra Chile e Venezuela pelas eliminatórias da Copa de 2018.

Leia mais: “Seje menas”: Dunga comete erro de português grave durante convocação

Se daquela vez ele utilizou a palavra “menas”, inexistente no vocabulário da língua portuguesa, nesta quinta Dunga “inventou” a palavra “pertas”.

No contexto da frase a palavra até faz “sentido”, já que é possível compreender o que foi dito, mas segue curiosa. Ao ser perguntando sobre um culto religioso ocorrido durante o último encontro da seleção, Dunga negou ter autorizado o ato:

“Na concentração há uma sala na qual os jogadores podem receber familiares. Eles podem receber pessoas mais pertas” (sic), disse.

No caso, a palavra correta seria “próximas”. É claro que muita gente percebeu a gafe:



Jornalista esportivo.