Oswaldo de Oliveira analisa a primeira derrota do Flamengo no returno

Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Treinador fez questão de dar méritos ao Coritiba, e disse que a equipe do Flamengo não conseguiu reeditar as boas atuações que renderam a sequência interrompida de seis vitórias consecutivas diante de uma postura correta da equipe paranaense.

LEIA MAIS:
Marketing do Flamengo lança boné inspirado em Guerrero e Peru
Alan Patrick explica motivo de não ter rendido no Palmeiras e da mudança para o Flamengo
Mercado da Bola: Ex-atacante do Flamengo, Diego Maurício acerta com novo clube

A primeira derrota rubro-negra no returno, 2 a 0 para o Coritiba em Brasília encerrou uma sequência de seis vitórias do Flamengo e tirou o time do G-4 do Brasileirão. Para o técnico Oswaldo de Oliveira o time não repetiu as boas atuações, muito em função ao adversário.

– Hoje não conseguimos fazer o que vínhamos fazendo e isso se deve muito ao nosso adversário. O Coritiba jogou muito bem, soube explorar as deficiências da nossa equipe, pela postura que eles tiveram. Marcaram muito bem as nossas jogadas. Um gol logo no início tirou um pouco da confiança da nossa equipe e não conseguimos progredir na partida, fazer o que costumamos fazer para chegar ao gol – disse o treinador.

Oswaldo disse ainda que a série invicta faz com que os adversários prestem mais atenção ao Flamengo e se preparem melhor para enfrentar a equipe rubro-negra:

– Acho que a equipe vinha jogando muito bem, fazendo boas apresentações, mantendo uma escala progressiva, mas não conseguimos reeditar hoje. As vitórias consecutivas do Flamengo vinham chamando atenção e é claro que o próximo adversário sempre vinha se preparando mais para enfrentar o estilo de jogo do time – analisou o comandante.

O zagueiro César Martins foi elogiado pelo treinador, que disse serem injustas as vaias e que, na derrota, um sempre é pego para Cristo.

Sempre tem que ter um cristo, né? Eu acho que o César vem jogando muito bem. A equipe toda do Flamengo hoje não foi brilhante, mas o César não foi comprometedor a ponto de ser vaiado. Mas a gente sabe como é o torcedor. Sempre tem um que vai ter que pagar. Hoje infelizmente foi o César, poderia ter sido outro.

O Flamengo treina no CT do Brasiliense nesta sexta-feira às 15h30, e novamente no sábado, às 9h30. No mesmo dia, a delegação viaja de tarde para Belo Horizonte onde a equipe tenta voltar ao G-4 na partida contra o Atlético Mineiro, domingo, às 16h no Independência.

Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

Curtiu essa matéria? Siga o autor no Twitter: @allanmadi