Mercedes destaca equipes mais próximas em Cingapura

Após os dois primeiros treinos livres, os pilotos da Mercedes falam sobre as primeiras impressões do fim de semana.

No TL1, Lewis Hamilton correu 24 voltas, com seu melhor tempo em 1:48.314, conseguindo apenas a segunda colocação. Neste treino, foi superado por seu companheiro, Nico Rosberg, que correu 27 voltas e com um tempo de 1:47.995, conseguiu o melhor desempenho da primeira prática. No TL2, nenhuma das flechas de prata obteve ótima performance – Lewis conseguiu, na melhor de suas 33 voltas percorridas, o tempo de 1:46.479, enquanto Nico, em sua melhor marca, cravou 1:46.781, em uma das 34 voltas percorridas. Ficaram com a quarta e sétima colocação, respectivamente.

LEIA MAIS:
GP de Cingapura: Rosberg correrá sem nada a perder
Em Cingapura, Hamilton corre para se igualar a Senna em três marcas

Na coletiva pós-treinos, Hamilton destacou o bom desempenho das outras equipes: “Não há problemas com o carro, mas todo mundo parece estar mais perto, senão, um pouco mais rápido. Nós continuaremos lutando, só precisamos trabalhar duro e descobrir onde melhorar o tempo. A qualificação é muito importante já que ultrapassar parece muito difícil, então vamos ver o que o amanhã traz.

Rosberg, explicou a queda de desempenho após um excelente primeiro treino livre: “Eu fiz algumas mudanças na configuração entre as sessões, mas fui na direção errada. Foi uma boa experiência, já que agora eu sei o que fazer para amanhã. A pista é muito exigente e o desgaste dos pneus parece ser muito elevado“. Nico também destacou o calor excessivo, que está pior que o esperado.

Paddy Lowe citou ainda o bom desempenho da Red Bull e Ferrari, que estão bastante competitivas neste fim de semana.

Imagem: Divulgação/Mercedes



Autora do blog sobre automobilismo Racing Journal: https://racingjournal.wordpress.com/