Jogador fantasma? Rival holandês faz elogio curioso ao jogo de Roger Federer

Crédito da foto: Arquivo/Copa Davis.

Em sua brilhante carreira no tênis, o suíço Roger Federer já ouviu dos mais variados elogios possíveis. Mas, nesta sexta-feira (18), o holandês Jesse Huta Galung decidiu inovar e comparou o jogo do antigo número 1 do mundo com um fantasma. Galung perdeu para Federer no segundo jogo do dia na disputa entre Suíça e Holanda, em Genebra, pela Copa Davis.

MAIS TÊNIS:

Nadal bate 909° do mundo e Espanha larga na frente da Dinamarca

“Ele faz absolutamente tudo diferente e se movimenta de uma forma muito rápida em quadra, que se você não estiver atento e olhar rapidamente para o outro lado, ele está montado na rede. Parece um fantasma”, frisou após o duelo o holandês Galung, que foi derrotado em três sets com parciais de 6/3 6/4 6/3.

Mais cedo, Stan Wawrinka sofreu para vencer no 5° set Thiemo de Bakker e marcar o primeiro ponto do time suíço. O holandês chegou a liderar o quarto set com um quebra de vantagem, mas acabou permitindo a virada do tenista local. Jan Siemerink, capitão holandês, não parecia nada contente após a primeira derrota.

“Bakker não tinha a obrigação de vencer, mas ele teve oportunidade de estar em uma posição de vantagem para conseguir o resultado. Somos atletas e não viemos aqui para passar férias, e sim para conquistar resultados, e no primeiro jogo isso foi possível”, avaliou o comandante.

Crédito da foto: Arquivo/Copa Davis.

 



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Fã de esportes, sobretudo tênis. Colorado por paixão, jornalista por vocação e tenista por opção.