Inter confirma ter débitos junto a D’Alessandro

Porto Alegre
Alexandre Lops / Internacional

O dólar elevado tem trazido problemas ao Internacional, que segundo seu presidente Vitório Pífero, renegocia valores com sua maior estrela no momento, o argentino Andrés D’Alessandro.

O contrato do camisa 10 colorado com o Clube do Povo vai até o ano de 2017 e nele estão incluídos alguns ajustes semestrais baseados na moeda norte-americana. Quando o último acerto entre as partes foi feito, a cotação era de R$ 2,70 e no momento chegou aos R$ 3,91, gerando um acréscimo de 44% no valor acordado entre as partes por conta da elevação da cotação da moeda verificada desde o final do processo eleitoral no Brasil em outubro passado.

O centroavante Lisandro López também tem uma situação contratual semelhante a de D’Alessandro, mas com o camisa 17, as pendências se encontram regularizadas.

A informação foi revelada em um café da manhã do mandatário com os jornalistas realizado no estádio Beira-Rio, que recebe neste sábado (19) às 18h30 o time do Figueirense (SC) pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O jogo seria disputado no domingo (20), mas foi antecipado a pedido do Colorado por conta da Festa Farroupilha, uma vez que a data comemora os 180 da Guerra dos Farrapos, quando o Rio Grande do Sul declarou independência do então Império do Brasil. A guerra durou 10 anos.

Crédito da foto: Alexandre Lops / Internacional