Herói santista, Gabriel admite que tirou o pé para jogar clássico: “final”

Ricardo Saibun / Santos FC

O atacante Gabriel Barbosa, autor dos dois primeiros gols do Santos na vitória por 4 a 0 diante do vice-líder Atlético-MG, nesta quarta-feira, na Vila Belmiro, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro, disse ter “tirado o pé” durante o confronto para não correr o risco de perder o clássico de domingo, contra o Corinthians.

O camisa 10 santista tem dois cartões amarelos e, caso fosse punido, estaria suspenso para a próxima rodada da competição.

“Com certeza (me poupei), amo jogar clássico, ainda mais contra o nosso maior rival. Em algumas jogadas tirei o pé para não tomar o cartão, mas sempre pensando no time”, confessou o jogador. “Precisamos colocar os pés no chão porque temos mais uma final no domingo”, completou.

Gabigol marcou os dois gols e foi substituído por Marquinhos somente aos 28 minutos do segundo tempo, já com 3 a 0 no placar.

Para o confronto, além do artilheiro na era Dorival Júnior, o Santos corria o risco de perder Ricado Oliveira e Zeca, também pendurados, mas que terminaram o jogo sem levar cartões.

Com a vitória, o Santos subiu para a sétima colocação, com 40 pontos, e está somente a um do G4, grupo dos quatro primeiros colocados que se classificam para a próxima Copa Libertadores da América. São Paulo e Flamengo, no entanto, que complementam a rodada na quinta-feira, ainda podem aumentar a vantagem.

O clássico acontecerá na Arena Corinthians, às 11h (de Brasília), e deverá receber a lotação máxima.

Crédito da foto: Ricardo Saibun / Santos FC



Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo. Comecei no Terra Esportes, em 2008, para onde voltei em 2011 e fiquei até 2015. Passei também por FPF, Diário LANCE! e o jornal A Tribuna, de Santos, com colaborações para a Revista Placar.