Grêmio: Confira o que Roger Machado achou da derrota para o Palmeiras

Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

O técnico Roger Machado reconheceu que o Grêmio teve atuação abaixo da média na derrota para o Palmeiras (3 a 2) na noite do último sábado, no Pacaembu, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro.

LEIA MAIS:
Palmeiras 3×2 Grêmio: assista aos gols da vitória alviverde

“Foi um jogo bastante difícil, em que nós tivemos um problema na bola parada, no primeiro gol. Os outros foram construídos na bola alçada. O Grêmio realmente não fez uma partida muito boa. Hoje não mantivemos o nível de atenção. Terminamos o jogo em cima, com seis, sete jogadores da base. E enfrentamos o melhor ataque da competição”, disse durante entrevista coletiva.

Contra o Palmeiras, o Grêmio teve seis desfalques: o goleiro Marcelo Grohe, o lateral Rafael Galhardo, o zagueiro Pedro Geromel, os volantes Edinho e Maicon e o meia Giuliano. Roger Machado evitou atribuir a derrota às ausências e demonstrou confiança no elenco.

“Eu tenho um grupo inteiro à minha disposição e sempre (os jogadores que entraram) responderam bem. Agora, quando você muda mais peças, atrapalha o sincronismo do sistema defensivo, o sistema ofensivo também perde o entrosamento. Mas o fato das ausências, nós jogamos contra Figueirense, contra o Atlético-PR assim, com ausências importantes. Hoje, o adversário teve mais qualidade, aproveitou melhor as oportunidades. Mas disputamos a partida até o fim”, explicou.

O comandante também defendeu o goleiro Tiago, que voltou a falhar em bola aérea no lance que acabou originando o primeiro gol palmeirense.

“A decisão por escalar o Tiago é sempre minha. Por mais que ele tenha falhado hoje e em outra ocasião, uma das boas características é a saída do gol. Muitas vezes ele se expõe em intervir uma bola que não é dele. Talvez se ficasse no gol, não teríamos falado da falha. Quando converso com ele, digo que tem que se proteger. Às vezes, você pode querer consertar algo e aparece mais do que as falhas no coletivo. Se nós tivéssemos marcando na nossa linha, talvez ele não precisasse sair daquela forma”, analisou.

O Tricolor volta a campo nesta quarta-feira, contra o Fluminense, no Maracanã, pela partida de ida das quartas de final da Copa do Brasil. Pelo Campeonato Brasileiro, o próximo compromisso está marcado para sábado, contra o Avaí, na Arena.

Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

 



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)