Feliz com o terceiro lugar, Kimi Räikkönen diz que brigou com o acerto do carro em Cingapura

Kimi Räikkönen ficou satisfeito com o terceiro lugar obtido no grid de largada para o Grande Prêmio de Cingapura de Fórmula 1. Na manhã deste sábado (18), o finlandês da Ferrari conseguiu o tempo de 1min44s667, em um dia marcado pelo ótimo desempenho da equipe italiana, que ainda viu Sebastian Vettel conquistar a primeira pole position da equipe em 2015.

LEIA MAIS:
F1: Tudo o que você precisa saber sobre o GP de Cingapura
Vettel acaba com hegemonia da Mercedes e garante a pole em Cingapura

“Estou feliz por terminar em terceiro, considerando o dia difícil que tive em comparação a ontem. Eu lutei durante todo o dia com o set up do meu carro, buscando aderência e acerto. Foi difícil fazer o carro funcionar como eu queria. Nós sempre tentamos fazer nosso melhor no final de semana de corrida e aqui isso parece funcionar”, comentou Räikkönen.

O piloto finlandês ainda disse que certos circuitos favorecem determinadas equipes, e que este parece ser o caso da Ferrari com o circuito de Marina Bay. Kimi ainda disse que a equipe trabalhará para ter um domingo ainda mais positivo para a corrida.

“Alguns lugares parecem favorecer uma equipe e, outras pistas, outras equipes, desta vez temos tido um final de semana. Nosso objetivo é melhorar para a corrida, amanhã veremos quão forte nossos oponentes estão. Tentaremos fazer nosso melhor e espero ter uma corrida mais forte como o time”, completou.

O Grande Prêmio de Cingapura de Fórmula 1 acontece neste domingo, a partir das 9h.

Foto: divulgação/Ferrari



Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.