F1: Segundo mais rápido, Räikkönen destaca dia “normal” em Cingapura

Segundo piloto mais rápido na sexta-feira (18) de treinos livres para a disputa do Grande Prêmio de Cingapura de Fórmula 1, Kimi Räikönen disse que a Ferrari teve um bom dia no circuito montado nas ruas da Marina Bay. O finlandês obteve em sua melhor passagem no traçado asiático o tempo de 1min46s181, obtido no segundo exercício do dia, menos de um décimo mais lento em relação ao russo Daniil Kvyat.

LEIA MAIS:
Melhor da sexta-feira, Kvyat diz não ter expectativas para o sábado em Cingapura
Mercedes destaca equipes mais próximas em Cingapura
Kvyat supera Mercedes e Ferrari e coloca Red Bull na ponta do TL2 em Cingapura
Melhor desde o início, Rosberg lidera o TL1 em Cingapura

De acordo com o “Iceman”, tudo funcionou sem problemas, fazendo com que o dia transcorresse dentro do esperado. “Foi uma sessão de treinos normal, estávamos fazendo nossas coisas e tudo funcionou mais ou menos bem. Sempre existe algo que podemos melhorar, mas, no geral, o carro se comportou bem”, comentou o ferrarista.

Sobre o resultado dos treinos desta sexta-feira, Räikkönen admite ser difícil fazer qualquer tipo de análise, mas acredita que além da Mercedes, principal equipe do campeonato, a Red Bull poderá incomodar e fazer um bom papel ao longo do final de semana.

“Como usual, a Mercedes estará muito forte e também a Red Bull parece estar rápida aqui, mas hoje é apenas sexta-feira e é difícil julgar os tempos de volta. Espero que amanhã nós tenhamos um bom dia”, completou Kimi.

As atividades do Grande Prêmio de Cingapura da Fórmula 1 seguem neste sábado. A partir das 7h, pelo horário de Brasília, acontece o último treino livre, enquanto a tomada de tempos para definição do grid de largada acontece a partir das 10h. A corrida está marcada para 9h de domingo.

Foto: divulgação/Ferrari



Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.