Corinthians x Santos: Love cita Deus, imagem mostra braço

(Foto: Reprodução/TV)

Corinthians e Santos se enfrentaram neste domingo, na Arena Corinthians, em partida válida pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. A equipe corintiana venceu por 2×0, após lance polêmico aos 34 minutos do segundo tempo. O juiz inicialmente não viu irregularidade na jogada, mas voltou atrás, depois de indicação do assistente, e marcou penalidade favorável ao Corinthians. Imagens de reprodução da TV mostram que Vagner Love pode ter dominado a bola com o braço, por duas vezes, antes de sofrer a penalidade. Veja a sequência de imagens e tire suas conclusões.

 LEIA MAIS

Modesto está certo? Confira as chances de título do Santos

Santos busca vitória: 5 equipes disputam vaga aberta no G4

O clássico alvinegro seguia empatado até os 34 minutos do segundo tempo, quando o árbitro marcou pênalti em Vagner Love. A reprodução da TV indica que o atacante corintiano pode ter dominado com o braço por duas vezes, antes de prosseguir com a jogada e ser supostamente derrubado por Zeca.

Veja as imagens: 

Veja o lance e os melhores momentos:

Em entrevista ao canal Premiere, logo após a partida, o atacante corintiano agradeceu aos céus a marcação do pênalti favorável à sua equipe. “Graças à Deus o juiz marcou, não sei se foi o juiz ou foi o bandeira, e conseguimos fazer o gol.”, declarou o jogador. Não bastasse a polêmica da jogada em si, o árbitro Flávio Rodrigues Guerra expulsou o jogador santista David Braz, que não havia participado da jogada. Com um jogador a menos o Santos sofreu o segundo gol, justamente na posição que seria coberta pelo zagueiro santista.

Com o resultado, o Corinthians se isolou na liderança da competição com 57 pontos, o Santos estacionou nos 40 pontos e é, provisoriamente, o oitavo colocado. Na quarta-feira, pela Copa do Brasil, o Santos vai até o Orlando Scarpelli enfrentar o Figueirense e, no domingo, recebe o Internacional, na Vila Belmiro, em outro jogo marcado para às 11h00 da manhã pelo Campeonato Brasileiro.

Crédito da foto: Reprodução/TV