Copa Davis: Time do Brasil para o confronto contra a Croácia

Reprodução/Facebook

Nesse fim de semana em Florianópolis será disputado o confronto da Copa Davis entre Brasil e Croácia, para ver quem continua na chave principal e quem vai para repescagem no próximo ano.
Aqui iremos saber sobre o time brasileiro capitaneado por João Zwetsch, quais são os jogadores, seus rankings e os grandes resultados da temporada de 2015.

LEIA MAIS: Copa Davis: Chance do Brasil aumentou para ficar na elite em 2016
                    Copa Davis: Veja a ordem dos jogos entre Brasil x Croácia

Diferente do último confronto na Davis que foi contra a Argentina em março, Thomaz Bellucci agora volta a ser o número 1 do país. Hoje o paulista está em 30º no ranking Mundial.
O começo do ano para ele não foi muito bom, mas ao decorrer do ano foi melhorando e conseguindo evoluir bem em alguns torneios. Os destaques dessa temporada foram: – Campeão no ATP 250 em Genebra, Semi Final no ATP 250 Gstaad, Quartas de Final no ATP 250 Istambul e Winston- Salem e Oitavas no Masters Series 1000 de Roma.
João Souza que após os últimos jogos da Davis não engrenou nessa temporada. No começo do ano que vieram os maiores resultados. Feijão conseguiu ser finalista em duplas no ATP 250 em Quito ao lado de Victor Estrella Burgos, semifinalista em simples no ATP 250 Brasil Open e oitavas no ATP em Doha. Conseguiu vencer sua primeira partida em ATPs 500 no Rio de Janeiro. Atualmente está em 104º no ranking
Nas duplas estamos muito bem, obrigado. Os nossos duplistas Marcelo Melo e Bruno Soares brilham pelo circuito.
Melo atual 5º do mundo conseguiu um conquista inédita para o Brasil. Foi campeão do Roland Garros em duplas, junto com o croata e adversário nesse fim de semana Ivan Dodig. Também conseguiram a vitória no ATP 500 em Acapulco. Foi semifinalista no Aberto da Austrália, Masters Series de Cincinatti, Miami e Monte Carlo e no Brasil Open.
Soares por sua vez na fica muito atras, está em 21º no ranking e é companheiro de Alexander Peya nas competições. Foram campeão no ATP 250 Munique, finalista em Stuttgard no ATP 250, semifinalista no Master de Miami e Montreal. Em duplas mistas com Sania Mirza foi também semifinalista no Australian Open.
Com todos esses destaques, ficamos muito esperançosos de permanecer na zona mundial do tênis em 2016. Vamos Brasil!



Sou pai dos gêmeos Guilherme e Rafael e marido da Sabrina. Sou arquiteto e apaixonado por esportes, quase fui tenista profissional, além de tênis o futebol também é uma paixão.