Confirmado, jogador do Manchester United teve fratura dupla na perna; assista

Confirmado, jogador do Manchester United teve fratura dupla na perna; assista
Crédito da foto: Reprodução / Twitter

O mundo do futebol ficou horrorizado com as cenas lamentáveis vistas hoje na Liga dos Campeões da Europa. Luke Shaw, lateral esquerdo do Manchester United sofreu uma entrada duríssima na partida em que o PSV derrotou o time inglês por 2 a 1 e teve fratura dupla na perna direita. A notícia foi confirmada pelo clube horas depois da partida.

Shaw saiu com máscara de oxigênio de campo sendo amparado por nove funcionários médicos que também levaram vários minutos para paralisá-lo. O jogador na saída foi aplaudido pela torcida adversária.

Moreno, jogador mexicano dividiu com Shaw de forma muito dura e com as duas pernas. O árbitro nem advertiu o atleta, o que no caso seria penalti, algo que chocou Van Gaal, treinador do Manchester United. “Ele entrou muito duro e com as duas pernas”, falou Van Gaal.

Assista o lance:

Van Gaal tentou confortar Shaw mas até mesmo o durão treinador se emocionou com a cena e também caiu aos prantos.”É horrível. Um menino que veio para o Manchester United aos 18 anos, teve um momento difícil e, em seguida, joga fantasticamente em sua segunda temporada e agora acontece isso. Quando ele veio para o vestiário, eu não podia dizer nada a ele, porque ele tinha uma máscara de oxigênio, e ele estava chorando muito”, disse o treinador.

Curiosamente, Moreno também quebrou a perna jogando contra a Holanda de Van Gaal na Copa do Mundo do ano passado.

Shaw recebeu muitas mensagens de carinho de fãs e retribuiu através de suas redes sociais

“Obrigado a todos pelas mensagens e palavras, não posso descrever o quão sensibilizado eu estou. Meu caminho para a reuperação começou agora, Eu vou voltar forte”, finalizou o jogador.

O jogador tem 20 anos e é um dos mais promissores laterais da atualidade. Os Red Devils terão muitas alegrias com o atleta que vem substituindo o francês Evra que esteve por anos no clube. A recuperação deve levar cerca de seis meses.

Crédito da foto: Reprodução / Twitter