Arbitragem polêmica contra o Cruzeiro revolta vascaínos

Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

O árbitro Thiago Duarte Pinho deixou o Mineirão com a orelha queimando após o empate por 2 a 2 entre Vasco e Cruzeiro nesta quarta (16). Pênalti polêmico e falta violenta são temas de reclamações de vascaínos nas redes sociais.

LEIA MAIS:
Rafael Silva brilha e Vasco empata com Cruzeiro no Mineirão
René Simões deixa o Figueirense e pode voltar ao Fluminense
Brasileirão: Fred perde gol INCRÍVEL e pênalti contra o Palmeiras; assista
Mercado da bola: Atacante do Palmeiras é cobiçado pelo Fluminense

De acordo com o técnico vascaíno, a arbitragem interferiu diretamente no resultado da partida. “Foram dois lances claros de expulsão e pênalti não marcados. Fomos prejudicados, mas não acredito que foi algo premeditado”, declarou Jorginho na entrevista coletiva após a partida.

“É difícil falar da arbitragem porque tudo pode se voltar contra a gente. O juiz tem qualidade, mas pareceu um pouco nervoso. Às vezes ele conduz a partida de um jeito muito bruto, não precisa ser assim”, continuou o volante Serginho.

Nas redes sociais, torcedores perderam a paciência com Thiago Duarte Peixoto. “O juiz jogou de azul, infelismente (sic)”, criticou o internauta isnailtonnovais. “Se não fosse esse juiz seboso era vitória do Vascão kk, mas deixa, domingão Maraca lotado”, publicou um vascaíno identificado como aleexsps.

O resultado é considerado ruim em termos de classificação para as duas equipes. O Cruzeiro está próximo da zona de rebaixamento e o Vasco segue na lanterna da Série A, com 20 pontos. O time cruzmaltino está sem perder há três jogos, após vencer Ponte Preta e Atlético-PR nas últimas rodadas.

Já o Cruzeiro está em 14º lugar, com 30 pontos – três a mais do que Figueirense, time que abre o Z4. O alvinegro de Santa Catarina perdeu o clássico para o Avaí e o técnico René Simões, demitido. Coritiba, Joinville e Vasco são os três últimos.

(Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br)